Início » Geral » Entrevistas » Entrevista com o autor:: Ricardo de Jesus

Entrevista com o autor:: Ricardo de Jesus

Oi oi gente ^^
Como estão vocês? Preparados para o feriado? 😀
Hoje tem post para conhecer um pouco um autor de um livro nacional que foi publicado pela parceira Editora Arwen: Ricardo de Jesus!
Ele é autor de Célula 2, que tem resenha aqui no blog Link da Resenha.

 

Vamos lá então!

 

12183977_914949868591430_6567989644594940832_o

Sinopse do livro: O que você faria se sua vida mudasse radicalmente de uma hora para outra? Erik era um garoto comum, que tinha consciência de que era filho adotado e nem por isso deixava de amar seus pais incondicionalmente. Porém, depois de seu décimo quinto aniversário, coisas estranhas começam a acontecer e ninguém parece ser capaz de explicá-las. Em busca de respostas, ele vai descobrir que nem tudo é o que parece ser e que uma simples mensagem pode mudar o curso de toda uma vida.

 

Sobre o autor: 
12509366_949294835156933_4642041395386098114_n

 

Mineiro de Sete Lagoas, casado, pai de um filho, mora em Paraopeba/MG. Escreve desde os 14 anos de idade e é colaborador do jornal local, “A Folha de Paraopeba” com crônicas mensais. Poeta com quatro títulos publicados, também escreve ficção, gênero preferido de leitura. Com contrato recentemente assinado com a Editora Arwen, Célula 2 é o primeiro livro de ficção publicado. A história deve ser contada em uma trilogia.

 

Você pode conhecer mais sobre o autor e suas outras obras no site dele: Ricardo de Jesus.

 

Então vamos as perguntas ^^

Fiz doze perguntas que achei interessante para conhecer um pouco mais sobre o Ricardo e que achei por ai hehe 😀

1. Por que começou a escrever?

 

Gosto de escrever desde sempre. Para mim, redação ou qualquer questão aberta onde tínhamos que desenvolver uma resposta mais elaborada no colégio, eram sempre as preferidas. Mas depois desse tempo nos estudos, a escrita se tornou um passatempo e ainda a considero da mesma forma. Quando comecei, nunca tive a pretensão de publicar um livro, no entanto, este já é o quinto.

 

2. Como foi a experiência de escrever o livro?

 

Gratificante. Apesar de ser a quinta publicação, esta foi a primeira obra de ficção. As demais foram livros de poesia, que ainda escrevo. Eu queria mudar o gênero, fazer algo novo, testar um novo público. Não tinha ideia de onde aquelas páginas me levariam, apenas queria provar para mim mesmo que eu era capaz. Deu certo e estou feliz com isso.

 

3. Você teve alguma inspiração? Se sim, qual/quais?

 

A minha inspiração sempre foi a vida, seja para a poesia ou ficção. Alguns autores não acreditam muito em inspiração, apenas sentam-se na frente do computador e escrevem, e são bons no que fazem. Comigo funciona diferente. Tem momentos em que preciso escrever alguma coisa, isso simplesmente vem, então faço pequenas anotações e quando posso, desenvolvo aquilo. A vida é cheia de pequenas dicas que precisam ser colocadas no papel e eu só faço isso. Observo e escrevo. Quanto à ficção/fantasia… dizer que ela faz parte da vida… só acho que muitas coisas existem sem que possamos provar… então por que não me inspirar no desconhecido da vida?

 

4. Alguma playlist te inspirou em escrever?

 

Não exatamente. Mas ouvi bastante, nem sei por que razão, o tema de Piratas do Caribe em alguns momentos em que escrevia Célula 2, ou quando pensava em alguma cena do livro.

 

5. Qual foi a sensação de ter sua obra publicada?

 

É difícil descrever. São muitas sensações ao mesmo tempo. Da alegria, expectativa, ao medo, muitas coisas passam pela cabeça. Sei da importância dessa conquista, mas também sei que é só o começo. Embora o livro Célula 2 tenha sido escrito em 2012/2013, sei que o caminho é longo, e depende muito do leitor que ele continue a ser traçado.

 

6. Quando você descobriu que queria ser escritor?

 

Quando a importância de ser lido se tornou maior que ser aceito ou criticado.

 

7. O que lhe levou a escrever sobre este tema?

 

Gosto da fantasia, do “impossível”. E se você notou as aspas, isso quer dizer que vale a crença de que conhecemos muito pouco de tudo aquilo que nos cerca e nada pode ser completamente descartado. Embora seja considerada uma ficção fantástica, talvez apenas não conhecemos o suficiente para classificá-la de outra forma. Talvez o “poder” de cada pessoa, ou de cada ser, não possa ser exatamente como no livro. Mas mesmo assim espero que isso possa ser visto com cuidado, para que a ambição, a busca por qualquer tipo de poder não corrompa as pessoas como tanto vemos por aí.

 

8. Sua família/amigos sugeriu enredos para seu livro?

 

Não. Na verdade, ninguém além da minha esposa sabia que eu escrevia o livro.

 

9. Como vê a crítica ao seu trabalho?

 

Agora comecei a acompanhar as primeiras críticas do trabalho e digo que estou adorando (sem demagogia) todas elas. Dos elogios que me fazem querer seguir, aos pontos negativos apontados por alguns (é claro que tudo é uma questão de opinião pessoal), que me fazem querer melhorar. Nem tudo precisa ser aceito pelo autor, mas tudo deve ser respeitado e analisado para os próximos projetos. Especialmente CÉLULA 2, o primeiro livro de uma trilogia.

 

10. Faça um Top 5 de livros que você indica.

 

Não tenho um gênero preferido de leitura, leio um pouco de tudo. Ultimamente, por razões óbvias, tenho procurado muito mais por nacionais e devo dizer que estou feliz em saber da qualidade dos nossos autores. São ótimos, muitos deles iniciantes! É claro que se você procurar por autores estrangeiros, a chance de você encontrar um grande livro é maior porque simplesmente esse trabalho já foi “filtrado” pelo público lá fora e já teve seu sucesso reconhecido, por isso, publicado aqui também. Mas é preciso abrir a mente ao novo. Não necessariamente na ordem, indico os seguintes títulos completamente diferentes entre si, ente eles, uma nacional “iniciante”:

 

O PEQUENO PRÍNCIPE – Antoine de Saint-Exupéry
A trilogia JOGOS VORAZES – Suzanne Collins
NÃO HÁ DIA FÁCIL – Mark Owen
O LAGO NEGRO – Juliana Daglio
A CABANA – William P. Yong

 

11. Os personagens possuem alguma relação com sua vida? Fale um pouco sobre eles.

 

Acho que não. Foram criados especialmente para o livro para que cada um tivesse seu lugar na trama. Dizem que todo personagem tem um pouco do autor e talvez seja verdade, mas não me identifico muito com nenhum deles. Erik, o personagem central do livro é um adolescente que foi adotado com menos de um ano de idade depois de ter sido encontrado em uma zona rural em Minas Gerais. De origem desconhecida, passa a procurar por sua verdadeira família em busca de respostas para estranhos dons repentinos que aparecem depois do seu décimo quinto aniversário, inclusive a estranha mudança de cor de seus cabelos. Nessa busca, Erik recebe uma misteriosa mensagem da Nigéria de uma garota de nome Amachi, que diz saber mais sobre ele e seus dons. Por alguma razão, Amachi acredita que Erik corre sério perigo, e juntos irão nos mostrar algo muito maior por trás desses poderes e da ambição humana…

 

12. Que dicas você daria para quem está começando a escrever um livro?

 

Escreva por paixão. Nunca tenha em mente nada além da satisfação de ver o próprio livro nas suas mãos. Deixe que o resto seja consequência do seu prazer pela escrita. É uma caminho longo e difícil, mas extremamente prazeroso quando se espera apenas ser lido. Leia bastante e nunca desista. Escreva… reescreva… revise… curta… e depois procure por uma editora que acredite em seu trabalho tanto quanto você.

 

Recadinho do autor:

 

UM GRANDE BEIJO A TODOS! ESPERO QUE CURTAM CÉLULA 2 TANTO QUANTO EU. ESSA HISTÓRIA SÓ ESTÁ COMEÇANDO…

 

Espero que tenham gostado e indico a leitura 😀
Eu fico na espera das continuações 😦 um tanto ansiosa. E nós aqui do blog ficamos agradecidas pelo Ricardo divulgar a resenha de Célula 2 no site dele ^^

 

Abraços ;*

 

19016_10207170981781228_7788037436791676902_n
Anúncios

4 pensamentos sobre “Entrevista com o autor:: Ricardo de Jesus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s