Início » Sem categoria » Lançamentos da Editora Aleph para 2016 e os mais esperados

Lançamentos da Editora Aleph para 2016 e os mais esperados

Editora-aleph (1)

E depois de um bocadinho de espera, no Abdução número 10, Daniel e Adriano contaram pra gente o que a Aleph está preparando para 2016 o/ E um monte de coisa e eu resolvi já deixar a minha lista de mais desejados por aqui. Vou citar todos, não se preocupem, mas vou dar um up pros que me deixaram ”LANÇA LOGOOOO”.

Clique aqui para ver o vídeo do canal oficial da editora.

  1. Martian Time-slip – Phillip Dickdownload
    A única coisa mais importante que a água na árida colônia de Marte pode ser um garoto esquizofrênico de dez anos de idade chamado Manfred Steiner. O líder do Sindicato dos Trabalhadores da Água, Arnie Kott, suspeita que a doença de Steiner seja um janela para o futuro, e pretende usá-lo para os seus próprios fins.

  2. Os robôs e o império – Isaac Asimovthe-100
    Esse livro foi mencionado na postagem do vídeo na página da da editora no facebook e não no vídeo do canal 😛 Eu já tava indo lá reclamar e alguém já tinha reclamado por mim e, para minha grande felicidade, eles já tinham respondido que iriam sim lançar o livro esse ano. Yeeeey.

    Passaram-se 200 anos desde os acontecimentos descritos em Os Robôs do Amanhecer e da morte de Elijah Baley, o grande herói dos romances anteriores de Robôs. Mas sua amada Lady Gladia está detereminada a salvar a Terra da vingança dos malvados Espaciais e do do Dr. Kendel Amadiro. Junto com seus dois robôs, Daneel e Giskard, Gladia tem que descobrir um meio de neutralizar o Dr. Amadiro e garantir a sobrevivência da Terra, dos seus habitantes e das suas colõnias no espaço.
    Cheio de suspense, de ação rápida e densa, Os Robôs e o Império certamente dará continuidade à tradição que fez com que milhões de exemplares das obras de Issac Asimov fossem e continuem sendo vendidos em todo o mundo.

  3. Edição de luxo de Fundação
    Apenas quero muito. Muito. Muito mesmo. Tipo, nem sei explicar quanto. Procura aí no blog que eu já fiz resenha da série toda.
  4. Pebble in the sky – Isaac Asimov

    PEBBLE_IN_THE_SKY_1281382048B
    Primeiro livro escrito pelo Asimov e predecessor primário de Fundação *—* O livro narra a história de Joseph Schwartz, um velho alfaiate de 62 anos. Graças a um acidente ocorrido em um laboratório próximo de onde caminhava, Schwartz é transportado no tempo, indo parar muitos e muitos anos no futuro. O ano em questão é 827 EG (Era Galáctica) e quanto tempo se passou desde 1949 (a origem), o livro não narra, mas a Terra agora é um velho planeta radioativo. Para a maioria dos cientistas do Império Galáctico, o surgimento da humanidade se deu de modo disperso, em todos os planetas. Já para o arqueólogo Bel Arvardan, isto não é verdade; a humanidade teria surgido apenas em um planeta e depois se espalhado pela galáxia. Seguindo suas teorias, ele resolve pesquisar a Terra, um planeta onde seu povo (uma escória para a galáxia) dizia ser a origem da raça humana.Na Terra, Arvardan conhece a jovem Pola Shekt, cujo pai havia criado uma máquina capaz de aumentar a capacidade cerebral de um ser humano. Sua cobaia havia sido Schwartz, que como um homem perdido no tempo, parecia ser louco e falava uma linguagem incompreensível.A partir daí, todos vão aos poucos se envolvendo em uma grande conspiração que envolve os misteriosos Anciões, o Império Galáctico e mais importante ainda: o sentimento de ódio de toda uma galáxia contra um planeta e a vingança que uma raiva destas pode provocar.

  5. Os Despossuídos – Úrsula Le GuinOS_DESPOSSUIDOS_1234641642B
    Os Despossuídos narra a vida de Shevek – um renomado físico de Anarres, planeta anarquista e radicalmente isolacionista – que, enfrentando grànde hostilidade, ameaças e a dor da separação de sua família, faz a primeira viagem de um cidadão de Anarres até Urrás, o rico planeta de origem de seus ancestrais. Maior do que qualquer preocupação por seu próprio bem-estar, é a sua crença de que os muros do ódio, da desconfiança e da divisão filosófica entre seu próprio planeta e o resto do universo civilizado, devem ser derrubados. Em Anarres, os proscritos de Urrás haviam edificado, cento e sessenta anos antes, uma utopia concreta, fundamentada na liberdade absoluta das pessoas e na cooperação. Não é um paraíso, pois Anarres e um mundo pobre e hostil. Mas funciona. Para o físico anarresti, Shevek, a questão é simples e terrível: conseguirá ele, com sua ida de Anarres para Urrás, derrubar o muro simbólico que isola Anarres do resto do universo? Será capaz de levar os habitantes de Urrás a partilharem a promessa da qual ele é portador? Que irá descobrir, enfim, naquele mundo descrito pelos anarrestis como um inferno?

  6. Solaris – Stanislaw Lem

    71Yyrjt9XiL
    Eu não conhecia esse livro até ele ser mencionado no vídeo, mas aí fiquei sabendo que tava em polonês e que os caros acharam alguém pra traduzir. Já quero.Um planeta é constituído de um imenso oceano inteligente. Exploradores tentam entrar em contato com essa inteligência “não humana”. O oceano envia a cada explorador um “visitante”, réplica de uma pessoa que ele conheceu no passado. O livro relata o fracasso dessas tentativas de comunicação.

  7. SteelHeart – Brandon SandersonSTEELHEART_1357663773B
    Tô esperando que seja tipo Cyberstorm para mim – não dei muita moral e acabou sendo a melhor leitura de 2015. Vamos ver.

    Há dez anos um evento inexplicável concedeu poderes inimagináveis a homens e mulheres por todo o mundo. Esses seres superpoderosos foram denominados Epics pela população mundial. Os Epics, no entanto, não usaram seus poderes recém adquiridos para proteger a humanidade, mas sim para dominá-la. Ninguém resiste, ninguém se rebela, à exceção dos Reckoners, um grupo de humanos normais, munidos de tecnologia de ponta que se utilizam de táticas de guerrilha para derrubar e matar o maior número possível de Epics.
    David é um jovem que cresceu em um mundo já dominado pelos Epics. Seu maior sonho é se juntar aos Reckoners e destruir aquele que matou o seu pai, Steelheart, o Imperador de Newcago (a antiga Chicago) e um dos Epics mais poderosos. Steelheart é considerado invencível e invulnerável a qualquer tipo de ataque, mas no dia em que seu pai foi morto, David viu Steelheart sangrar.
    E ele fará tudo para ver de novo.*

    *Peguei do http://www.medium.com

  8. Lock in – John ScalziLOCK_IN_1417408207424528SK1417408207B
    Ganhou um Hugo Awards. Sente, sente a poderosidade. E é uma trama parecida com Starters.

    Um estranho vírus afetou praticamente toda a população global. A maioria das pessoas afetada não sente nada, elas não apresentam nenhuma sequela. No entanto, 1% da população afetada pelo vírus apresenta uma sequela muito grave: elas se encontram paralisadas, incapazes de se mover ou responder a quaisquer estímulo, apesar de estarem completamente conscientes. As pessoas paralisadas são chamadas de Hadens, nome dado em homenagem à esposa do então presidente dos Estados Unidos, uma das vítimas dessa doença.

    Os Hadens podem se comunicar e ter uma vida fora do corpo em que se encontram por meio dos Integradores — pessoas normais, mas que tiveram seus cérebros modificados de uma maneira a permitir que os Hadens possam controlar seus corpos. Quando um Haden está no controle do corpo de um Integrador, é como se o corpo fosse seu: todos os movimentos e ações são controlados pelo Haden. No entanto, o Integrador, no mais profundo de seu interior, ainda se mantém consciente e pode tomar o controle de seu corpo de volta a qualquer instante para evitar que o Haden em seu corpo possa fazer algo ilegal.*

  9. The Frood: The Authorised and Very Official History of Douglas Adams & The Hitchhiker’s Guide to the Galaxy – Jem Roberts 1-YbrsnlHLWgXpdPOPzjm6cQ
    Apenas o autor da série ”O Guia do Mochileira das Galáxias”.

    A narrativa de The Frood tem início com o nascimento de Douglas Noel Adams em 1952, mas não termina com a sua morte precoce ao 49 anos. Jem Roberts escreve com paixão sobre a vida do autor de O Guia do Mochileiro das Galáxias, relatando a carreira de Adams como comediante, sua vida acadêmica, seu início como escritor, suas dificuldades com o sucesso, e o seu legado após a sua morte.

    O livro ainda conta com vários trechos de material nunca antes publicado, incluindo um rascunho inicial abandonado do Guia.

  10. Academia Jedi – O Retorno de PadawanSTAR_WARS_JEDI_ACADEMY_1418730894426630SK1418730894B
    Não achei sinopse em português, mas procurem minha resenha do livro 1 (Academia Jedi) e vão entender porquê estou ansiosa por esse.

Eu depois de cada item dessa lista ser mencionado.

 

Teremos também

Star Wars:

Darth Plagueis – James Luceno

Mesmo autor de ”Tarkin”

He was the most powerful Sith lord who ever lived.
But could he be the only one who never died?

“Did you ever hear the Tragedy of Darth Plagueis the Wise? It’s a Sith legend. Darth Plagueis was a Dark Lord of the Sith, so powerful and so wise that he could use the Force to influence the midi-chlorians to create life. He had such a knowledge of the dark side that he could even keep the ones he cared about from dying.”
—Supreme Chancellor Palpatine, Star Wars: Episode III Revenge of the Sith

Darth Plagueis: one of the most brilliant Sith Lords who ever lived. Possessing power is all he desires. Losing it is the only thing he fears. As an apprentice, he embraces the ruthless ways of the Sith. And when the time is right, he destroys his Master—but vows never to suffer the same fate. For like no other disciple of the dark side, Darth Plagueis learns to command the ultimate power . . . over life and death.

Darth Sidious: Plagueis’s chosen apprentice. Under the guidance of his Master, he secretly studies the ways of the Sith, while publicly rising to power in the galactic government, first as Senator, then as Chancellor, and eventually as Emperor.

Darth Plagueis and Darth Sidious, Master and acolyte, target the galaxy for domination—and the Jedi Order for annihilation. But can they defy the merciless Sith tradition? Or will the desire of one to rule supreme, and the dream of the other to live forever, sow the seeds of their destruction?

O Herdeiro de Jedi – Kevin Hearne

A Guerra Civil Galáctica segue após a destruição da Estrela da Morte e Luke Skywalker se esforça para aprender mais sobre a Força sem a ajuda de Obi-Wan Kenobi – ou de fato sem nenhuma ajuda. Mas as poucas memórias que ele tem das instruções de Obi-Wan apontam a direção para um maior controle da Força, e ele é encorajado para perseguir isso por um novo amigo na Aliança. Quando Luke, R2-D2 e seu novo aliado recebem a missão de liberarem uma pessoa do Império e entregando-a em um planeta seguro onde ela pode ajudar a Aliança, a jornada deles pela galáxia é cheia de perigos – e oportunidades para Luke descobrir os mistérios da Força.

Paradise Snare – A.C. Crispin

Han Solo was a child without a past, a Corellian street urchin, abandoned, foraging for scraps of food, when the cruel Garris Shrike whisked him away to a nomadic band of spacefaring criminals. Now, years later, Han fights his way free. His goal: to become an Imperial Navy pilot. But first he needs hand-on experience flying spacecraft, and for that he takes a job on the planet Ylesia—a steaming world of religious fanaticism, illicit drugs, and alluring sensuality…where dreams are destroyed and escape is impossible.

Lord of the Siths

A Série Rogue Squadron

Scoundrels – Timothy Zahn

Mesmo autor da trilogia Thrawn

E uma continuação de Marcas da Guerra

Sci-fis/distopias:

Startrek: Portal do Tempo – A.C. Crispin (relançamento)

Os romulanos atacaram o planeta Gateway, onde os cientistas da Federação dos Planetas Unidos estão estudando o Guardião da Eternidade, um misterioso portal do tempo. A USS Enterprise precisa proteger o Guardião… ou destruí-lo. Entretanto, Spock que já utilizara o portal para viajar 5000 anos no passado do planeta Sarpeidon – onde se apaixonou por uma linda mulher primitiva – está lá novamente, para conhecer seu filho.
Estranho Numa Terra Estranha – Robert Heinlein

 

Era uma vez uma expedição a Marte. Nessa expedição seguiram 3 homens e 3 mulheres, casados. Um dos homens é infiel à sua esposa com outra mulher, que é também infiel ao marido. Da relação nasce uma criança. Ora, o marido traído descobre a situação e num acesso de ciúme assassina a esposa e o amante. Há mais umas voltas na história e toda a tripulação morre, com exceção do recém-nascido. Este é educado desde pequenino por Marcianos. A partir daqui é que a história se torna interessante. O humano com educação de marciano regressa à Terra cerca de 20 anos depois. Todo o livro é uma fascinante exploração de um homem, que foi educado fora da civilização humana, a aprender conscientemente a ser um homem. Valentine Michael Smith têm de aprender, compreender e por vezes aceitar, todo o conjunto de valores humanos. O livro aborda todos os aspectos da sociedade humana, desde a política, religião, sexo, casamento, serviço militar, direito, etc… O autor consegue colocar-nos numa posição que nos leva a pensar no que somos, porque somos, porque fazemos o que fazemos da maneira que o fazemos.

Imperador Deus de Duna – Frank Herbert

Acompanhando os diários de Leto II, imperador-deus de Duna e filho de Paul Muad´Dib, assistimos às disputas militares, políticas e religiosas que marcaram a sua época. Leto é, acima de tudo, obcecado pela idéia de divindade ou domínio do tempo. Sua verdadeira e decisiva batalha é travada no campo da consciência e da persuasão; e ele deve escolher entre comandar o futuro e o passado por meio do fogo ou da palavra.

Guerra do Velho – John Scalzi

No futuro, a humanidade se espalhou pelo universo através da colonização de outros planetas. Essa expansão, no entanto, não causou tantas mudanças na vida das pessoas na Terra. Elas continuam indo à escola, faculdade, trabalhando, casando, criando os filhos, como sempre fizeram. Nem mesmo os próprios governos mundiais são afetados, já que uma única organização, a Força de Defesa Colonial, cuida de tudo relacionado às colônias terrestres.

O único momento que um ser humano realmente se preocupa com essas colônias é quando ele completa 75 anos. É exatamente com essa idade que eles podem se alistar nas forças armadas coloniais. Essa oportunidade é muito tentadora, pois aqueles que se alistam são misteriosamente rejuvenescidos. As únicas condições são: nunca mais voltar à terra e lutar uma guerra sobre a qual não se sabe nada.

John Perry é um desses idosos que decide se alistar no exército colonial. A sua esposa morreu há alguns e o seu filho já está crescido, então ele decide que não ficará sentado em casa esperando a morte chegar. Sem nada para prendê-lo à Terra, Perry começará a entender a verdadeira missão da Força de Defesa Colonial e as ameaças que pairam sobre o nosso planeta.

Um reflexo na escuridão – Phillip Dick

A Substância D é a droga mais letal já encontrada nas ruas de Los Angeles. Ela destrói as conexões entre os hemisférios do cérebro, causando desorientação, e depois, dano cerebral irreversível. O agente infiltrado da narcóticos que atende pelo nome de Bob Arctor tenta a todo custo descobrir a fonte da droga. No entanto, para fazer isso ele tem que se disfarçar de usuário e, sem perceber, acaba se tornando tão dependente quanto os drogados que ele investiga.

A fall of moondust – Arthur Clarke

Quando um acidente afunda um cruzador turístico em um mar de poeira lunar, o capitão Pat Harris e sua comissária Sue Wilkins terão que fazer de tudo para manter os passageiros em segurança, enquanto cientistas de Terra e da Lua tentam desesperadamente encontrá-los.

Justiça Ancilar – Ann Leckie

A história segue a personagem Breq, também conhecida como One Esk. Ela é a uma inteligência artificial em forma de um corpo físico, a única das 20 auxiliares anexas da nave Justiça de Torren que sobreviveu a sua destruição. Ela tem uma única missão: matar o Senhor dos Radch. Uma missão que parece impossível, já que não existe somente um Senhor dos Radch, mas diversos corpos da mesma pessoa.

Cama de gato – Kurt Vunnegut

Esse livro causooou quando foi anunciado.

Cama de Gato”, publicado em 1963, conta a história de Felix Hoenikker (um dos criadores da bomba atômica), seus três filhos (um anão pintor, uma enorme clarinetista e um general de republiqueta), Bokonon (fundador da religião bokonismo), e mais outros inúmeros coadjuvantes que envolvem o narrador, um jornalista empenhado em escrever sobre uma ilha caribenha chamada San Lorenzo.

The Forever War – John Haldeman

O recruta William Mandella deseja apenas cumprir os seus deveres, sobreviver a guerra contra os Taurans e voltar para casa. No entanto, essa ‘casa’ pode ser ainda mais assustadora do que as batalhas, já que, graças a dilatação do tempo causada pela viagem espacial, enquanto na Terra passaram-se séculos, para Mandella foram só alguns meses.*

Leviathan Wakes – James S.A. Corey

Intrigas, maquinações políticas, conspirações, racismo, e uma ameaça ainda maior pairam sobre o universo em Leviathan Wakes. A humanidade expandiu as suas fronteiras e agora se divide basicamente em três centros independentes de poder: a Terra e a Lua; Marte; e o Cinturão de Asteróides. Quando uma nave mineradora de gelo do Cinturão recebe o pedido de socorro de outra nave, a Scopuli, os seus tripulantes nem imaginam que irão se deparar com um segredo que pode custar as suas vidas. A partir desse momento, o chefe de operações Jimmy Holden tem que fazer o que possível para manter a sua tripulação viva no meio de uma guerra.

Enquanto isso, no Cinturão, o Detetive Miller é incumbido de encontrar uma garota desaparecida. As pistas que ele encontra colocam a garota como uma das tripulantes da Scopuli, e ela pode ser a chave para desvendar esse terrível mistério que pode causar uma guerra em escala jamais vista.

Nós – Yevgeny Zamyatin

Esse livro aqui influenciou George Orwell em 1984. Olha a responsa.

No Estado Único do grande Benfeitor não existem indivíduos, apenas números. A vida é um processo constante de precisão matemática. As paixões e os instintos foram subjugados. A própria natureza foi banida para além da Muralha Verde.*

Biografias

I Am Alive and You are dead – Emmanuel Carrère

História do Phillip Dick 😀

Transformer: The Lou Reed Story – Victor Bockris

História do frontman do Velvet Underground

E é isso, povo. Como vocês ficaram depois disso? Eu fiquei assim:

Hahaha. E o que se pode dizer para a galera da Aleph depois disso?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s