Início » Livros » Resenha: Obsidiana

Resenha: Obsidiana

O que falar dessa saga que eu acabei de conhecer e já amo pacas? Sério! Vocês já leram Obsidiana? Então corre, pois honestamente essa deve ser a próxima saga a entrar no seu coração. ❤

Título: Obsidiana (Saga Lux 1)

Autor: Jennifer L. Armentrout

Editora: Valentina

Páginas: 320

Opções de livro impresso: Buscapé

Livro cedido em parceria com a Editora Valentina.

Sinopse: Começar de novo é uma porcaria. Quando nos mudamos para West Virginia antes do último ano de curso, eu tinha me resignado ao sotaque engraçado, ter conexão de internet ruim e me cansar da vida monótona como uma ostra… Até que eu vi meu vizinho sexy, tão alto e com esses impressionantes olhos verdes. As coisas pareciam estar melhorando. E então ele abriu a boca. Daemon é insuportável e arrogante. Nós não nos damos bem. Nada, nada bem mesmo. Mas quando um estranho me atacou e Daemon congelou o tempo, literalmente, com um movimento de sua mão… Bem, algo aconteceu… Inesperado. O sexy alienígena que vive do outro lado da rua. Sim, você ouviu direito. Alien. Acontece que Daemon e sua irmã têm uma galáxia cheia de inimigos que querem roubar suas habilidades, e o toque de Daemon fez com que eu parecesse um daqueles sinais luminosos em Las Vegas. A única maneira de sair dessa viva é ficar colada a Daemon até que minha “luz” extraterrestre se apague. Isso se eu não matar a Daemon antes, claro.

Claro que o interesse em ler foi instantâneo desde a primeira vez que vi a Valentina falando sobre ela, mas mesmo assim ainda estava um pouco cética em relação a qualidade da obra. O negócio é que quando comecei a ler não consegui parar mais. Por aqui e principalmente nas minhas redes sociais eu comentei o ano inteiro o quanto estava difícil pegar um livro que me prendesse a ponto de me fazer não querer fazer mais nada nesse mundo a não ser ler e ler e ler e ler mais e Obsidiana conseguiu fazer isso comigo. Mas vamos deixar essa euforia um pouco de lado e ir para o que interessa: a resenha.

Katy é uma blogueira literária (me senti representada kkk) engraçada, um pouco pavio curto às vezes e entre outras qualidade que não fogem muito do que a faz ser uma protagonista. Eu gostei muito da forma como Katy foi retratada na obra, sem me deixar aquelas impressões de protagonista chata, mimada e fica se martirizando o livro inteiro, sabe? Eu gosto de protagonistas com atitudes e definitivamente achei Katy uma garota com bastante atitude. Por mais que ela tentasse, em alguns momentos, ela não se calava diante das provocações de Deamon ou de momentos em que ela estava em desvantagem ou em perigo. Já Daemon é um caso à parte. Talvez ele pode ser um cara odiável em um primeiro instante mas eu preciso admitir que eu me diverti demais na sua primeira cena do livro. Gosto do seu jeito com ar superior, sarcástico e protetor (claro que de todos esses eu gostei mais do sarcástico). O único problema é que Daemon tem essa personalidade um pouco… instável. Uma hora ele tá de boa e daqui a pouco não tá mais. Isso é um pouco chato pois você lendo a historia pelo ponto de vista da Katy fica tão perdida quanto ela e claro, com raiva. Quando as coisas começam a ficar claras aí isso se torna um detalhe irrelevante na obra. Os personagens secundários também me agradaram bastante. A irmã de Deamon, Dee, é uma fofa e eu sempre imagino ela uma garota toda feliz e saltitante ao mesmo tempo, sabe? Os poucos momentos que ela ficou triste me deixaram para baixo também, mas ainda bem que isso aconteceu bem pouco. Espero que nos outros livros ela continue tendo o destaque que tem ou até mais. Gostei também dos trigêmeos mesmo que eles tenham aparecido beeem pouco, mas acho que eles ainda vão ser importantes nos próximos livros.

Foto: Grazy | Cantar em Verso

Foto: Grazy | Cantar em Verso

Neste primeiro livro ela nos inseriu totalmente na vida de Katy e um pouco na vida de Daemon e dos outros Luxen; explicando como e o motivo que os fizeram vir para a Terra, se eles são ou não os únicos que estão por aqui e claro falando também sobre seus inimigos. Fiquei curiosa para saber mais e principalmente sobre a questão governamental que também é algo que faz parte da realidade deles. A forma como Jennifer criou a história em cima dos aliens, esses seres que a maioria das pessoas não gostam e só esperam ver em história de pura ficção cientifica, me deixou um pouco impressionada. Eu nunca imaginei que poderia achar atraente uma humana e um alien se apaixonarem. Chega a ser engraçado e provavelmente foi justamente por isso que eu gostei tanto da história. Se tratando do mais do mesmo chega a ser uma novidade. Algumas pessoas podem criticar pelas semelhanças que tem com Crepúsculo, mas não se deixe levar. Primeiro porque, de fato, Crepúsculo inspirou muitas autoras com seus histórias (e definitivamente não sei se foi o caso de Jennifer, mas realmente não importa) e segundo porque Obsidiana tem as suas próprias peculiaridades e esses detalhes com certeza serão esquecidos nos próximos volumes visando que a história vai seguir o seu próprio caminho agora. Não dar a chance para uma leitura divertida por causa disso é besteira, okay? Caia de cabeça e de amores por Obsidiana e fique nessa angustia da qual eu me encontro agora esperando por Ônix.

Rosto bonito, corpo perfeito e péssima atitude. A santíssima trindade do boy magia.

Todo Halloween eu sentia saudade de ser criança, de me fantasiar e de comer toneladas de balas. A única coisa que eu fazia agora era… comer toneladas de balas. Nada mau.

A morte soava doída, raivosa e desesperada. Nada pacifica. Pensei em como era injusto. Depois de tudo que acontecera, a morte não poderia me receber com braços quentes e a visão do meu pai esperando por mim?

Anúncios

4 pensamentos sobre “Resenha: Obsidiana

  1. Pingback: TOP: 10 Melhores Leituras de 2015 | Cantar em Verso

  2. Ahhhhhh já me apaixonei por causa da sua resenha. Lá vai eu, morrer por mais uma indicação sua. A minha vontade de ler esse livro aumentou em 100% agora! Beijos e parabéns pela resenha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s