Início » Livros » Resenha :: A Fada Madrinha

Resenha :: A Fada Madrinha

Primeirosaresenhar

Eu acho que nem preciso falar para vocês o quanto fiquei animada ao saber que a autora liberaria A Fada Madrinha para os blogs parceiros antes da própria editora, né? Kate Willians foi uma agradável surpresa em 2015 e agora, após ler o segundo livro dela, eu posso afirmar que quero mais e mais.


Título:
A Fada Madrinha

Autor: Kate Willians

Editora: Será lançado pela Arwen

* Ebook cedido em parceria com a autora.

* Sem revisão.

Sinopse: Você já se perguntou, em algum momento da vida, sobre quem realmente está por trás de todos os finais felizes dos contos de fada? E o que acontece com estas pessoas quando a princesa finalmente se casa com seu príncipe encantado? Isso livro nenhum conta! Aliás, duvido que você consiga imaginar uma fada madrinha, que não seja velha demais, roliça demais ou simpática demais. Não que eu seja uma ‘Sininho’ da vida, mas sou muito diferente, do que dizem por aí. Nós, fadas madrinha, não fazemos outra coisa da vida que não ajudar as nossas princesas a encontrarem o seu final feliz. Este é o nosso único propósito. O problema é que quando ninguém está olhando, nós nos perguntamos quando chegará a nossa vez. Será que teremos que ajudar umas às outras, no final das contas? Será que o ‘felizes para sempre’ também existe para nós? Bom, meu nome é Emily. Só Emily. E esta é a minha história. Chame de conto de fada, se quiser, mas não saia por aí me descrevendo como a criatura mais adorável do universo, porque estou bem longe de ser assim. Qual é?! Só porque eu sou uma fada madrinha, quer dizer que tenho que viver de bom humor? Quem foi que te disse essa mentira?

Blogueiros e blogueiras que sempre recebe meus comentários em seus posts já devem ter reparado que eu sempre falo que não sou fã de Contos de Fadas, correto? Sempre falei isso de boca tão cheia que quando fiquei interessada por um livro que trata desse assunto até me impressionei (A Escola do Bem e do Mal, já resenhado por aqui) e mais impressionada ainda quando aceitei, claro, o convite da Kate de ler A Fada Madrinha. No começo fiquei com medo de acabar não curtindo a história e ficar mal com a autora depois, mas olha… Mordi minha língua e bem forte. Ainda bem, né?!

Enquanto lia o livro comentei algo no Twitter sobre ela ter se superado neste livro e de fato é verdade. Ao meu ver, mesmo sendo uma história para um publico mais jovem do que o de Distopia (além da diferença de gênero) a autora foi muito madura ao produzir A Fada Madrinha. O livro é cheio de momentos divertidos que realmente me fizeram rir. Emily, a fada madrinha da história, é uma personagem super engraçada e atrapalhada, mas também tem um inocência que nenhum outro ser consegue ter. Seu sonho da vida era poder realizar o desejo de uma princesa mas até ela conseguir chegar a este objetivo muita coisa vai acontecer; E sabe o que é pior de tudo? A princesa da qual ela devera realizar o desejo e ter seu final feliz não quer exatamente ter o mesmo final feliz que as princesas que nós conhecemos. Claro que coisa boa não vai sair disso, né? Alias, até vai sair coisa boa: Leitores se divertindo muito.

A Princesa desta história (não irei citar o nome dos outros personagens, já que eles podem ser alterados durante a revisão do livro) é aquele tipo de personagem que deixa o leitor bastante irritado no começo, porém suas reclamações não são sem sentido e se quem estiver lendo o livro for adolescente a compreensão será imediata. Ela quer ser livre para fazer o que quiser, sem dar satisfações de tudo para sua família e o pior: para a imprensa. Ser parte de uma monarquia não é algo que a agrada muito principalmente por ter que seguir padrões em que ela não se identifica. Ela não quer ser apenas uma princesa, servir de exemplo, ela quer ser uma adolescente normal fazendo coisas de adolescentes normais. Casar com o Príncipe não está em seus planos da mesma forma que não está nos planos dele casar com ela. Essa coisa de casamento arranjado é um saco mesmo e por isso que eles ficam sempre trocando farpas em encontros familiares, o que também causa boas risadas aos leitores.

face

Uma das coisas que mais gostei em A Fada Madrinha foi o modo como Kate conduziu a história. Em determinado ponto eu via tudo sendo encaminhado e então o final feliz, mas em uma reviravolta o livro foi conduzido por um caminho totalmente diferente do que se pode imaginar. Fada, Elfo, Príncipe e Princesa saem juntos em uma missão extremamente importante e que a cada página me deixou mais e mais encantada pela história. Foi nesse momento em que o livro realmente me conquistou, se mostrando não apenas um conto de fadas e um romance, com uma pitada de humor mas também uma grande aventura com grandes lições para seus leitores.

Todos os personagens desta história tem seu devido destaque e amadurecem no tempo certo. Como leitora não senti dúvidas quando suas atitudes foram mudando aos poucos e nem achei que foi feito de uma forma falsa ou corrida (o que as vezes pode acontecer). Enfim, o livro é uma leitura obrigatória para quem gosta de contos de fadas, romance, cenas engraçadas, personagens atrapalhados mas também muitas mensagens bacanas. ❤

trecho2

Segurem a ansiedade. A pré-venda de A fada madrinha começa no dia 14 de dezembro.

Anúncios

15 pensamentos sobre “Resenha :: A Fada Madrinha

  1. Pingback: Wattpad :: Debaixo Das Minhas Asas [+ novidades] | Cantar em Verso

  2. Pingback: Kate Willians e Amanda Ághata Costa convida | Cantar em Verso

  3. Pingback: Lançamentos de Dezembro:: Editora Arwen | Cantar em Verso

  4. Pingback: Pré-Venda: A Fada Madrinha | Cantar em Verso

  5. Oi Sil,

    Sempre serei eternamente apaixonada por contos de fada, histórias fantásticas e tudo que as envolvem. Como ainda não li nada da autora, certamente a minha estreia será com A Fada Madrinha.
    E como você colocou que o livro é uma leitura obrigatória para quem gosta de contos de fadas, romance, cenas engraçadas, personagens atrapalhados mas também muitas mensagens bacanas, falou comigo pelo fato de eu simplesmente amar tudo isso.

    Beijos
    Tânia Bueno
    http://www.facesdaleitura.com.br

  6. Oi Sil, tudo bem?

    Ahh, que linda a sua resenha. Eu acabei ficando enrolada na época que a Kate mandou o e-mail perguntando quem queria ler “A Fada Madrinha” e acabei nem respondendo. Mas estou louca para ler, principalmente porque amei “Distopia” e quero ver outra visão dela, escrevendo para outro público e um gênero bem diferente.

    A história parece ser envolvente, engraçada e ainda nos passa algumas lições importantes. Gostei de saber que não é um livro previsível e as mudanças ocorrem de forma natural, nada corrido ou lento demais. E gostei de saber que as pessoas podem se identificar com a Princesa.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima

  7. Oi Sil, tudo bem?
    Eu me lembro de ter visto outro livro da autora (acho que foi uma resenha sua, não estou me recordando agora), pois o nome da autora é conhecido.
    Já comigo é o contrário, eu adoro livros de contos de fadas, de releituras. Legal saber que o desenvolvimento da autora foi bom, que ela conduziu a história muito bem.
    Vou adicionar esse livro na lista, mas vou deixar para ano que vem. Parabéns pela resenha.

    Beijos,
    Leitora Sempre

  8. Oi flor, tudo bem??
    Eu adorei a sua resenha… venho namorando esse livro e Distopia também… mas a falta de dindin tem me impedido de realizar alguns desejos… Fada madrinha parece ser um livro bem gostoso de ler… gosto dessas coisas mais juvenis… fiquei bem interessada pela proposta da autora… Xero!!!

  9. Sil li sua resenha de A escola do bem e do mal e acabei curiosa com a história, agora lendo a de A Fada Madrinha não é diferente, a autora parece desconstruir os contos de fada mesmo os utilizando e eu gostaria de conhecer essa história e a autora. Essa tal princesa me pareceu ser meio Meria e eu amo Merida, então estou mais do que encantada, unido a isso o fato de que o livro é engraçado , já quero para ontem!

  10. Fiquei curiosa hein!!
    Também adoro contos de fadas e geralmente gosto de ler releituras e me encantar com elas, e pelo o que vc disse A fada madrinha é uma ótima pedida!! *-*
    Já ouvi algumas coisas sobre A escola do bem e do Mal mais não li!!
    É bom demais quando o autor consegue nos surpreender!!
    Beijos

  11. Oi!!! Amei muito conehcer o livro. Eu tenho A Escola do Bem e do mal mas ainda não consegui ler. É muito bom quando nos surpreendemos assim com livros. Achei a quote muito mega maravilhosa e a resenha me deixou com muita vontade de ler o livro. Gosto quando fogem do maravilhoso casamento arranjado com final feliz e principalmente se for uma leitura divertida.
    Beijos!!
    Quer Falar de Livros?

  12. Que resenha maravilhosa meu Deus, nem consigo dizer em palavras o quanto estou feliz! Sil, MUITO OBRIGADA! Você é uma blogueira incrível e saber que A fada madrinha te agradou e encantou tanto, só me deixou mais feliz. Primeira resenha, que aliás, será inesquecível. ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s