Início » Livros » Resenha :: O Perfuraneve | Lob, Rochett e Legrand

Resenha :: O Perfuraneve | Lob, Rochett e Legrand

Título: O Perfuraneve

Autor: Lob Legrand

Editora: Aleph
Páginas: 280

Onde costumo comprar (Opções de livro impresso): Submarino

Sinopse:Na terrível e eterna Era do Gelo, a sobrevivência humana parece impossível. Porém, cruzando as infinitas terras devastadas, o último bastião da humanidade segue, imparável, sobre os trilhos: o Perfuraneve. Esse trem fantástico, de tecnologia revolucionária, é capaz de cruzar a Terra eternamente em moto-contínuo, abrigando os últimos representantes da espécie humana. O que seria a salvação do homem, no entanto, torna-se com o tempo uma cruel reprodução dos bons e velhos mecanismos que levaram o planeta à destruição.

Resenha

O perfuraneve é uma HQ publicada em 1984 (vejam que coincidência… ou não) considerada uma das maiores histórias da ficção científica. E como toda sci-fi, tem como plano de fundo um mundo distópico.

Recebi a edição completa da editora Aleph que traz não só O Perfuraneve como também as sequências publicadas 1999, O explorador e A travessia. Todas as histórias são bem curtas, então vou tentar falar menos para não dar spoiler. Ah, O Expresso do Amanhã é um filme recentemente lançado que é baseado nessa HQ. Tem no elenco o capitão américa  Chris Evans.

12071268_837848969667032_1979967369_n

Pra ser sincera, não foi um livro que dme agradou muito. Gosto bastante da ficção científica porque a grande massa dos autores trabalha muito bem questões sociais e faz críticas maravilhosas às sociedades de sua época (que servem para a atual) em suas histórias e assim acontece nessa HQ, mas achei mal trabalhado. O perfuraneve é um trem tecnicamente inquebrável, que opera o dia inteiro, carregando o que restou da raça humana. Possui mil e um vagões. Imagine o tamanho do negócio. Cada vagão tem uma classe e as pessoas que pertence aos últimos vagões são os excluídos da sociedade, os que não tem direito a nada. Vemos uma história que dá para trabalhar a opressão, a desigualdade, a falta de esperança e tal. Especialmente porque temos um fundista como ”protagonista”, o Proloff. Mas ele basicamente sai correndo do fundo até os vagões para frente, passando por situações na sua corrida para fugir de sua condição e não há muita reflexão sobre isso e não desenvolvimento de personagens. Acho que por ser uma HQ curta. Então, precisamos de mais páginas :/

12071821_837848886333707_1256584298_n

Em O explorador temos uma trama uma pouco melhor, com um protagonista muito melhor. Esse é uma herói de verdade. Ele pensa, reflete e nos dá coisas a pensar. Ele quer melhorar a vida dos outros passageiros e não apenas fugir. A história se passa em uma novo trem, o Desbravagelo. Ainda é uma trama apressada, mas tem mais contexto e utiliza de situações inéditas. A questão política e religiosa é melhor trabalhada e as revelações são mais surpreendentes. Em A travessia a questão social é praticada deixada de lado para dar lugar às tramas políticas e religiosas. Ainda que seja muito bom, continua sem trabalhador direito os personagens. Foi difícil me ligar à história por causa disso, sabe? Eu preciso torcer por alguém.

Sobre a edição: mais do que incrível. Não sei quanto às publicações originais porque nunca vi, mas da Aleph não deixa a desejar. Veio com uma jacket do filme, ótimas ilustrações, o material da folha dá um charme a mais, mas é aquele tipo que você precisa tomar cuidado. Rasga fácil.

Em resumo, é uma boa HQ, que levanta grandes discussões e pode nos levar a ter bons argumentos para um futuro bate-papo, mas tudo é deixado para que você arranque um significado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s