Início » Livros » Resenha Tripla :: Trilogia da Fundação | Isaac Asimov

Resenha Tripla :: Trilogia da Fundação | Isaac Asimov

Título: Fundação; Fundação e Império; Segunda Fundação
Autor: Isaac Asimov
Editora: Aleph
Páginas: 238; 248; 235
Onde costumo comprar (Opções de livro impresso): Submarino (trilogia completa)

Sinopse: Livro 1

O Império Galático possui 12 mil anos. E possui pujança, grandeza e estabilidade. Ao menos em sua fachada. Mas ele está em pleno declínio, lento e gradual. E, no final, culminará com uma regressão violenta da sociedade e a conseqüente destruição do conhecimento. Preocupados com isso, um grupo de cientistas traça um plano pela preservação do conhecimento adquirido. Vencedor do prêmio Hugo, como a melhor série de FC de todos os tempos, este é o livro inicial da Trilogia da Fundação.

Livro 2

O Império Galático está à beira do colapso. Ainda assim, numa tentativa ousada, o General Bel Riose decide lançar um ataque contra a Fundação. Mas será que a ofensiva desesperada irá impedir o destino profetizado há séculos por Hari Seldon? E quem seria, afinal, o Mulo? Este é o segundo livro da Trilogia da Fundação, vencedora do prêmio Hugo como a melhor série de ficção científica de todos os tempos.

Livro 3

Hari Seldon previu que a humanidade perderia seu domínio sobre a galáxia. Para evitar esse desastre, elaborou um plano que, seguido à risca, em mil anos deveria fazer surgir uma nova era de glórias para o homem. Mas ele não contava com o Mulo, um ser mutante que colocar todo o plano a perder. Seu objetivo é derrotar a Fundação para que um novo Império se erga em torno de seus fantásticos poderes mentais. Mas, para consolidar sua vitória, ainda terá de enfrentar um inimigo igualmente poderoso, conhecido como a Segunda Fundação. ‘Segunda Fundação’ é o terceiro livro da trilogia da Fundação, composta ainda pelos livros ‘Fundação’ (livro 1) e ‘Fundação e Império’ (livro 2).

Resenha

Essa série conquistou o prêmio Hugo que é um dos mais prestigiados prêmios para obras de ficção científica e eleita melhor obra de Sci-Fi e Fantasia (em uma das premiações), superando até mesmo O Senhor dos Anéis, de JRR Tolkien.

A serie é composta por sete livros, todos eles já lançados no Brasil, nos quais 3 deles compõem a ‘’trilogia principal’’ da história. São eles:

  1. Fundação
  2. Fundação e Império
  3. Segunda Fundação

São meus amores eternos logo depois de Harry Potter. Vou apresentar para vocês toda a série, começando com esse post sobre a trilogia principal.  Bora lá?

Livro 1

Hari Seldon é um psicólogo que vive num mundo futurístico onde a humanidade já alcançou e ocupou todos os planetas com possibilidade de manter a vida na Via Láctea, criando um verdadeiro Império Galáctico. Com isso, as pessoas até mesmo esqueceram-se de seu planeta origem.

É nesse contexto que Seldon cria a psico-história, uma ciência que é uma mistura de psicologia, sociologia e matemática, que permite calcular o futuro de grandes massas (uma vez que o indivíduo é imprevisível). Após seus cálculos ele prevê o declínio próximo do Império Galáctico, que jogará a humanidade em 30.000 anos de barbárie até que sejam capazes de se reconduzir ao conhecimento e civilização. Com esta mesma ciência, Seldon consegue bolar um plano para reduzir esse tempo para 1.000 anos. Para isso Seldon pede ao governo de Trantor – a capital da galáxia, uma cidade construída a base de aço – para reunir as pessoas mais inteligentes e criar a Enciclopédia Galáctica. Ao tentar avisar o Império sobre seu fim, ele é acusado de traição e exilado para o longíquo planeta Terminus, num dos extremos da galáxia, e é ali que ele inicia seu plano de criação da ‘’Fundação’’: dois planetas que ficariam em extremos opostos da galáxia e reconduziriam a humanidade a era do conhecimento usando apenas os instintos de seus brilhantes habitantes e gravações do próprio Seldon como guia.

Sei que pareceu ser uma narrativa complexa, mas não é. Ela é fluída e espantosamente fácil de compreender. Asimov nos prende do início ao fim, totalmente absortos em descobrir como Salvor Hardin e outros futuros habitantes da Fundação descobrirão como prosseguir quanto aos planos de Seldon para salvar a humanidade da escuridão de 30 milênios. Pessoalmente, considero esta uma leitura obrigatória para qualquer fã de ficção-científica e aconselho muito a qualquer pessoa, pois é uma obra agradável de ler e muito enriquecedora. Enredo incrível, personagens carismáticos, desdobramentos nunca vistos antes. Enfim, um prato cheio para qualquer leitor.

Livro 2

Esse é o Segundo livro da ‘’trilogia principal’’ da série (ao todo são 7 títulos) e o 4º na cronologia da história. Como no primeiro livro, esse é escrito em contos que dão grandes saltos no tempo. São eles: O General e O Mulo.

O General

A Fundação já caminha com suas próprias pernas e, claro, com a ajuda da psico-história, que previra o sucesso da Fundação. Esta (se não me engano) já passa pela Quarta ‘’Crise Seldon’’ e enfrenta a primeira ameaça real do governo de Trantor, que agora é apenas uma sombra do que já fora o Império Galáctico. Aqui temos Bel Riose, um general do Império que tenta convocar um exército para destruir a Fundação e Lathan Devers, um dos comerciantes que restaram na Fundação, que tentará impedir o general. Será que Seldon estava certo quanto aos rumos da história?

O Mulo

Aqui vai um dos contos mais interessantes e incríveis de toda a série (quiça de toda a obra de Isaac).

Temos um grande salto no tempo após ‘’O General’’ e a Fundação já se tornou um grande Império. Nisso, surge O Mulo, um mutante que tem o poder de controlar os sentimentos das pessoas. Ele começa a conquistar os planetas em posse da Fundação, um a um. Os comandantes do Novo Império começam a ficar preocupados quanto ao rumo da psico-história. Bayta Darel e Toran Darel são os primeiros a confrontar o Mulo e percebem que por este ser uma mutação, ele não pode ter sido previsto por Hari Seldon. Então, começam uma corrida para descobrir como derrotar o Mulo e colocar a história de volta no caminho que Seldon previu. Assim, pela primeira vez, os habitantes da Fundação começam realmente a pensar na Segunda Fundação, o planeta no outro extremo da galáxia que Seldon criou para ajudar a humanidade. Esta surge como a mais provável salvação do Império da Fundação.

Mais uma vez Asimov desenvolve o enredo com maestria, prendendo o leitor do início ao fim, faminto por descobrir o destino da Fundação e principalmente, aguçando a curiosidade sobre os habitantes da Segunda Fundação. Entretenimento nota 1000!

P.S.: Se você for uma pessoa ligada na história da humanidade, vai sacar algumas pequenas referências que Asimov faz em O General (Belesário de Roma) e o Mulo (Gengis Khan).

Livro 3

Como o segundo, é dividido em dois contos que contam com um salto temporal entre eles. Chamam-se: A Busca do Mulo e A Busca da Fundação. São títulos adaptados do original  Now You See It  e  And Now You Don’t, porém foi considerado que estas nomeações constituíam um spoiler. (Pessoalmente, fora do contexto, não vejo problema nenhum).

Parte I – A busca do Mulo.

Narra o que acontece seguidamente ao final do segundo livro, quando descobre-se quem é o Mulo e o interesse dele na Segunda Fundação. Esta (a segunda fundação) é um dos planetas criados pelo plano de Hari Seldon para guiar a humanidade. A única pista que se tem quanto a sua localização é que está ‘’ no extremo oposto da galáxia ’’. O Mulo sai em busca desse planeta, na intenção de conquistá-lo sem saber que os seus habitantes já esperavam por isso.

Parte II – A busca da Fundação.

Narra os fatos que acontecem 60 anos depois da Parte I do livro. Depois dos acontecimentos com o Mulo, todos já sabem que a Segunda Fundação realmente existe. Logo, a Primeira Fundação, detentora do conhecimento científico, começa a sentir-se ameaçada e seus habitantes decidem descobrir a localização da SF e destruí-la. Os habitantes da Segunda Fundação são treinados para ser os futuros Comandantes do Segundo Império Galáctico e são detentores dos poderes mentais: eles tem a habilidade de conversar apenas lendo a expressão facial das pessoas e, de maneira parecida com o Mulo, podem influenciar a mente de alguém.

É mais um título incrível de Asimov e posso dizer que as resoluções das duas partes te deixam sem fôlego! É de uma genialidade sem precedência. Asimov tem a capacidade de discutir temas políticos e sociais com uma facilidade e leveza que poucos autores conseguem. É um livro que te faz pensar e melhor: muito simples de entender. E quero ressaltar aqui que todos os personagens dele tem a característica de parecerem absolutamente convincentes em todas as suas ações, inclusive os vilões. Enfim, para você que interessou-se e começou a ler, esta é a conclusão incrível da trilogia que é ‘’ A melhor serie de ficção científica de todos os tempos’’. Não deixa nada a desejar.

P.S.: O ‘’Comandante’’ ou ‘’Primeiro Homem’’ da Segunda Fundação, Hari Seldon e o Mulo estarão para sempre no meu top 20 melhores personagens de livro. Haha. É ler para entender 😉

Entrou pra minha lista dos ”livros que todo mundo deveria ler”. Sério mesmo, muito incrível.

Anúncios

Um pensamento sobre “Resenha Tripla :: Trilogia da Fundação | Isaac Asimov

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s