Início » Séries de TV » Review » Séries :: How to Get Away with Murder

Séries :: How to Get Away with Murder

Depois de uma pesada maratona da série How to Get Away with Murder é normal que você não seja capaz de dormi por algumas horas. Estou escrevendo essa postagem após passar uma madrugada tentando encaixar todas as peças desse quebra cabeça, algo que simplesmente não chegará a um resultado breve já que a 1ª temporada chegou ao fim. A única coisa que me resta a fazer é escrever essa postagem destacando todos os motivos para que você dê uma chance para How to Get Away with Murder.

 

how-to-get-away-with-murder-first-season.32058__63030_zoom

 

Em How to Get Away with Murder somos apresentados a quatro estudantes que por alguma razão se encontram envolvidos em um crime de assassinato. As primeiras cenas são frenéticas e passam para o telespectador as incertezas e medos de personagens que estão completamente perdidos. Logo após, a série passa para 3 meses antes da primeira cena, explicando os eventos anteriores que levaram esses personagens a cometerem um crime. Em meio a isso somos apresentados a personagem da Viola Davis, Annalise Keating advogada de defesa e professora em uma universidade para a formação de novos advogados.

Em meio a sala de aula Annalise Keating chama a sua aula de: Como fugir de um assassinato ou How to Get Away with Murder. Suas aulas tem um objetivo, ensinar aos novos advogados que não importa se o seu cliente é culpado ou inocente, o seu trabalho é ganhar a causa a qualquer custo.

cb0df8bd19f044fbc4e2338089af352a

How-to-Get-Away-With-Murder-4.1

 

Acredito que o diferencial de How to Get Away With Murder em comparação com outras séries de crime e suspense, está no foco que a série toma durante a sua rodagem. Em How to Get Away with Murder não é tão importante quem matou a vitima e sim como essa pessoa se livrou da punição pelo crime. Portanto essa é uma série que nos coloca na visão daquele que comete o crime e não daquele que desvenda o crime.

Todos os personagens são bem explorados, há a oportunidade de conhecer cada um deles de maneira individual, entrando em suas vidas e em suas cabeças. Em destaque para os personagens do atores Jack Falahee e Aja Naomi King, respectivamente Connor Walshe e Michaela Pratt, porque foram os que mais me chamaram a atenção durante a série. Connor com sua personalidade vibrante e seu relacionamento fofo com um harker chamado Oliver, e Michaela pelo seu crescimento como uma personagem feminina negra e forte, foi um orgulho ver isso acontecer. Os outros personagens, tirando o personagem da Viola Davis porque vai ter um momento especial para ela, são bastante lineares e não me comoveram tanto.

how-to-get-away-with-murder

 

A Viola Davis arrasa nessa série, não é por menos que ela foi indicada a melhor atriz em série dramática no Emmy. Annalise é uma personagem feminina que se mistura entre o forte e o sensível, fazendo com que ela se torne real para o telespectador. Ela é uma anti-heroína que mesmo ao cometer erros não é julgada com maus olhos por aqueles que a conhecem, o único julgamento justo é aquele ditado por ela e é a parti dela que vemos tudo.

Foi impossível para mim não me apaixonar por essa personagem, há uma cena por exemplo em que ela se senta em frente a um espelho. tira todos os seus adereços (peruca, maquiagem, joias) e chora olhando a imagem desmontada de uma mulher ferida e frágil. Essa foi uma das cenas mais emocionantes para mim e foi primordial para que o telespectador pudesse ver a mulher Annalise, aquela que se escondia em uma mascara de pedra inumana de uma advogada.

How to Get Away with Murder é uma série de pessoas humanas que comentem atos monstruosos e de pessoas monstruosas que cometem atos humanos. Portanto, é uma estória que visa retratar as ações e não julga-las apenas por um ato isolado. É sério, comovente e o suspense entretêm até o último minuto. Essa série tem minhas altas recomendações.

OBS.: É apenas uma temporada, tem 15 episódios, uma maratoninha vai cair muito bem 😉

 

ana

Anúncios

12 pensamentos sobre “Séries :: How to Get Away with Murder

  1. Já assisti a série inteira, e acho que sua resenha abordou de forma simples e assertiva todo o enredo e nuances da trama. Essa série me deixou vidrada desde a primeira cena, eu simplesmente não conseguia piscar enquanto assistia e tentava entender quem era o verdadeiro culpado pelo crime principal. Já estou super ansiosa pela continuação. Parabéns pela resenha.

    Bjs, Glaucia.
    http://www.maisquelivros.com

  2. Oi Ana, tudo bem??
    Bom ando sem tempo de continuar as minhas séries e principalmente de fazer maratonas rs… mas achei a premissa da série interessante… talvez eu venha assistir… gostei dessa parte que falou da personagem… como as coisas podem nos tocar e nos fazer pensar em uma simples cena… nem todo mundo vive sendo forte sempre… as vezes é preciso ter seus momentos – sozinho – para ter seus momentos de fraqueza para que lembremos que somos humanos e um coração bate dentro da gente… xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

  3. Oi, tudo bem?
    Nossa, mas uma série aqui para colocar na lista. Sou totalmente viciada em série, apesar de assistir várias, não consigo resistir a uma nova série. Depois vou dar uma olhada em How to get away with murder para ver se gosto. Dica mais que anotada.

    Beijos
    Leitora Sempre

  4. Ana lindona preciso urgente assistir essa série mas cade o tempo, meu irmão assistiu e disse que é ótima, cheia de reviravoltas e com personagens marcantes, Vou arrumar um tempo e assistir. beijos

  5. Oiii!!

    Florzinha, tem no netflix? Porque eu adorei esse enredo. Fico imaginando você durante a madrugada tentando unir as peças para compreender o enredo em geral.
    O fato de os personagens serem mais humanos me chama atenção.
    Gostei muuuito do que vc falou aqui e vou tentar assistir em breve!

    Beijinhos,
    http://www.entrechocolatesemusicas.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s