Início » Séries de TV » Review » Série :: Sense8

Série :: Sense8

O que falar sobre essa série que eu conheço a tão pouco tempo, mas já considero pacas?!

Uma das maiores dificuldades que eu encontro nesse momento é saber descrever Sense8 de forma coerente, sem que os meus sentimentos atrapalhem minha escrita analítica. Portanto, se de alguma maneira o meu entusiasmo por essa série for passada de forma clara para você, essa postagem já vai ter valido a pena.

sense8-poster

Sinopse:

A série foca em oito personagens espalhados pelo mundo que se ligam mentalmente e emocionalmente após uma morte trágica. Eles podem não só conversar entre si como ter acessos aos mais profundos segredos de cada um. Juntos eles precisam não apenas entender o que aconteceu e o porquê, como também fugir de uma organização que está atrás deles para capturá-los e estudá-los.

 

sense81

 

 

Sense8 começa com uma cena bastante tensa e violenta, em que a personagem Angélica (Daryl Hannah) comete suicídio após “dá a luz” a oito Sensetes. A parti desse momento oito pessoas que vivem em diferentes continentes se encontram automaticamente ligadas umas as outras, com a capacidade de ver, sentir e agir nos corpos um do outro. Assim como diz o poster da série: Eu sou nós (I Am We), os Sensetes de Angélica são oito pessoas diferentes e únicas que se conectam para lidarem com seus problemas com a ajuda do grupo.

Parece uma explicação bastante confusa, entretanto essa é uma série difícil para se colocar em palavras. Por essa razão recomendo para aqueles que ainda estão em dúvida sobre essa série para assistirem o 1º episódio, já no início eles já dão uma ótima descrição sobre como se dá essa ligação entre os oito personagens principais.

FotorCreated98

Cada personagem habita um lugar diferente no mundo, tem diferentes raças, crenças e histórias de vida. Os personagens são (na imagem acima – da esquerda para a direita) Will Gorsk, um policial de Chicago com uma infância traumática; Sun Bak, economista de Seul que assume a responsabilidade de cuidar da família após a morte da mãe;  Kala Dandekar, farmacêutica indiana que aceita se casar com um homem que não ama; Nomi Marks, uma hacker transexual lésbica de São Francisco que luta pelos direitos LGBT;  Capheus “Van Damme”, motorista de van do Quênia que faz de tudo para comprar os remédios da mãe que sofre de AIDS; Riley Blue, uma DJ islandesa que mora em Londres e é perturbada por acontecimentos do seu passado; Lito Rodriguez, galã mexicano de telenovelas que esconde a sua orientação sexual do público ao mesmo tempo que tem um relacionamento secreto com Hermano; Wolfgang Bogdanow, um alemão criado por uma família violenta e criminosa que tem questões mal resolvidas com o seu passado.

Os episódios dessa primeira temporada tem como foco apresentar esses personagens de maneira individual, podemos ver portanto muito de seus medos, fraquezas, esperanças e incertezas. Entretanto a melhor parte para mim foi observar o modo como essas oito pessoas tão diferentes trabalhavam em equipe – e mais do que apenas isso, ver como pessoas com realidades tão opostas podem sentir e agir em prol de um objetivo em comum.

Em contraste com a realidade que conhecemos, em um mundo onde as pessoas se importam apenas com a suas vidas e com o conforto de suas casas – Sense8 pretende retratar de forma ficcional o que seria a próxima evolução da raça humana, pessoas que vivem não em busca apenas de algo para si mesmas, mas também em conexão afetiva e humana uns com os outros.

sense8

O segredo de Sense8 talvez seja a capacidade de se comunicar de forma tão simples com o telespectador. Conhecemos e somos afetados desde os pequenos aos grandes problemas de personagem que são tão reais quanto qualquer um de nós. Não importa que a linguagem, a aparência ou a cultura sejam diferentes, os sentimentos são os mesmos para todos e por esse motivo eles são prazerosamente sentidos por aqueles que o assistem.

ana

Anúncios

11 pensamentos sobre “Série :: Sense8

  1. Eu pretendo fazer um post descrevendo a série também. Assisti há quase um mês e foi simplesmente uma das melhores que já vi. Se tornando uma das minhas séries favoritas! Não vejo a hora de começar a segunda temporada!

  2. Oi Ana, tudo bem??
    Já quis muito assistir essa série… na verdade quero, mas preciso de tempo o que não ando tendo ultimamente, mas preciso achar rs… parece ser muito boa… vejo comentários positivos e negativos, mas vou seguir o seu conselho e assim que der vou assistir… xero!

  3. Nossa, que coisa mais invasiva, ver, sentir e agir nos corpos um do outro… não curti não, ainda bem que não sou sensete… hehe… Realmente não fiquei com vontade de assistir, não é meu tipo de série.

    Beijo!

    Ju – Entre Palcos e Livros

  4. Oi, tudo bem?

    Eu tô amando essa série. Ela é o tipo de série que não dar para explicar, tem que asssitir mesmo para entender.
    Fiquei super surpresa com Sense8, mas do que recomendada né? Ainda não terminei, mas estou assistindo devagar.

    Beijos
    Leitora sempre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s