Início » Geral » Artigo Original » Movimento Fale! contra o abuso #1

Movimento Fale! contra o abuso #1

Clique na imagem para mais informações

Pegando carona com o mês “booktubers contra o abuso” a Editora Valentina está promovendo a semana “movimento Fale! contra o abuso“.

Uma das participantes da campanha escolheu o título Fale! da editora para participar e curiosa como eu sou – ainda não conhecia o livro – logo fui pesquisar sobre ele.

FALE_1374254907B“Fale sobre você… Queremos saber o que tem a dizer.” Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia.

E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra – insultos e deboches, sim – ou lhe dedicam alguns minutos de atenção, com duvidosas exceções. Com o passar dos dias, Melinda vai murchando como uma planta sem água e emudece. Está tão só e tão fragilizada que não tem mais forças para reagir.

Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seu projeto artístico que tentará retomar a vida e enfrentar seus demônios: o que, de fato, ocorreu naquela maldita festa?

O bullying é um assunto muito recorrente na literatura e eu acredito que isso se reflete devido a nossa sociedade atual. Não que o bullying nunca tenha existido e seja algo exclusivo dessa nova geração, porém é evidente que ele é tratado de uma forma muito mais séria nos dias atuais – inclusive nas escolas.

Um dos casos mais famosos na internet sobre bullying é da canadense Amanda Todd, que após ter uma foto intima vazada foi severamente agredida (fisicamente, verbalmente e virtualmente) por seus colegas de escola. Amanda teve ansiedade, depressão e síndrome do pânico, além de começar a usar drogas; Chegando ao seu limite a adolescente cometeu suicídio em 2012 aos quinze anos de idade. O caso de Amanda é apenas um exemplo dentre tantos, que se tornaram ou não noticia. Sabemos que em um mundo perfeito o bullying não existiria, porém vivemos nesse mundo e infelizmente temos que tentar lidar com ele da melhor forma possível e a informação é o melhor remédio.

Existem diversos vídeos na internet que tratam sobre o assunto, inclusive um deles sobre bullying nas instituições de ensino. O debate é muito interessante pois trata de causas e consequências, formas de combater e direitos.

Ainda não sei exatamente os tipos de posts que vou fazer, mas quero envolver música e filmes pois gosto bastante e além da literatura é uma outra forma de abordar o assunto e em alguns casos o efeito em algumas pessoas é muito mais eficiente.

#FalecontraoabusoSelo

Anúncios

16 pensamentos sobre “Movimento Fale! contra o abuso #1

  1. Olá… tudo bem??
    Esse é um tema bem complicado de se falar e até mesmo discutir… infelizmente as pessoas preferem machucar do que dar carinho, sentem prazer em humilhar outras pessoas sem necessidade e de maneira totalmente gratuita e você fica de mãos atadas sem saber muito como agir, principalmente quando na escola os representantes não dão importância. Enfim eu fico muito nervosa e chateada em falar disso, porque infelizmente conheci uma pessoa muito próxima de mim que passou por isso de maneira muito pesada e desoladora… Xero!

  2. Oi Sil, tudo bem? Esse livro é ótimo e recomendo para todos, pois acredito que todos devam ler. Não conhecia esse caso, e depois vou dar uma olhada com calma na reportagem. Bullying é um assunto que sempre deve ser discutido e sempre devemos lutar para que isso acabe, apesar de ser muito difícil.

    Também estou participando do movimento e da campanha, essa primeira semana eu me foquei mais nas diferentes formas de abuso, no restante do mês vou falar mais sobre o bullying e vou tentar trazer algumas resenhas de livros, filmes e algumas músicas que falem sobre o assunto.

    Beijinhos!!

  3. Ola Sil parabéns a Editora por destacar temas como esse, que são muito sério e e devem sempre ser abordados com a sociedade, e levados a debates nas escolas. Triste ver uma caso como o da Amanda que chegou ao fundo devido ao bullying . Adorei a capa e j´[a estou muito curiosa para ler. beijos

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

  4. Olá Sil,

    A Valentina está de parabéns pelas campanhas que lança, isto sim, é fazer a diferença e ter um papel de educação participativa na sociedade e nunca é demais tratar de assuntos como este que afeta pessoas de todas as idades, gênero e raça.
    Não conhecia o caso da Amanda e torço para que na medida em que ela vá amadurecendo não fiquem sequelas tão graves.
    Parabéns a você Sil, por integrar estas ações educativas.

    Beijos
    Tânia Bueno
    http://www.facesdaleitura.com.br

  5. Não conhecia a história da Amanda, muito triste tudo o que o bullying causou na vida dela. Nunca vou entender o que leva alguém dessa idade a ter fotos íntimas nem tiradas, mas enfim, foi um péssimo destino. Já li Fale! e amei muito o livro, leia!

    Beijo!

    Ju – Entre Palcos e Livros

  6. Oi Sil, sua linda, tudo bem
    Eu também estou participando da campanha, a Valentina arrasou como sempre promovendo um movimento tão importante como esse. Eu concordo com uma coisa que você disse: o bullying não é exclusivo das gerações atuais, sempre existiu, mas a forma está muito mais violenta e percebemos que estão gerando conseqüências estão muito mais graves também. Parabéns por aderir a campanha.
    Bijinhos.
    Cila.

    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

  7. Oi Sil, tudo bem?
    Eu fiquei sabendo sobre esse movimento e acredito que todos devemos falar sobre essa tema, pois o bullying é um caso muito sério. Eu gosto de ler livros com temas fortes, principalmente porque é uma forma de as pessoas debaterem sobre isso. Espero que um dia ele acabe, mas temos que percorrer um longo caminho.
    Sobre o livro eu quero muito ler, li diversas resenhas positivas.

    Beijos
    Leitora Sempre

  8. Olá, tudo bom?
    É realmente o Bullying é algo sério. Muitas pessoas não tem uma carga emocional forte para suportar as “brincadeirinhas” dos amigos. Muitas vezes elas tornam-se muito pesadas. As pessoas realmente não sabem a hora de parar. Não percebem que estão agredindo a pessoa – mesmo que seja virtualmente ou verbalmente.Esse caso de foto vazada na internet é muito tenso. Me dá agonia sempre que isso acontece. Primeiro, pois culpam a mulher/menina e não o agressor que enviou a foto. E muitas vezes esses casos terminam em morte. Acho que todo mundo nessa sociedade ama apontar o dedo para os outros, mas não olham para o próprio umbigo. Eu nunca sofri Bullying. Não sei como é a sensação e agradeço por isso não ter acontecido comigo. Acho que é um bom assunto para se tratar. Muito legal a iniciativa da editora!
    http://www.horadaleitur.blogspot.com.br

  9. Sério que você não conhecia? Esse livro parece ser ótimo e sempre é citado quando falamos do assunto. Você tem razão, o bullying é bem antigo, mas tratamos ele com mais seriedade agora. Acho que isso é consequência no nível a qual chegamos. As perseguições estão cada dia mais inescrupulosas.

    Beijiinhos ;*
    Andressa – Blog Mais que Livros

  10. Olá, tudo bem?

    Achei a capa desse livro linda e sempre ouvi ótimas coisas sobre a história desde o lançamento, contudo não é um livro para mim. Gosto de ver essas ações na blogosfera contra o bullying, mas mesmo que isso me renda olhares tortos, eu acho que estamos em uma sociedade movida do vitimismo. Claro que cada caso é um caso, mas eu sofri bullying a minha infância toda por causa do meu peso na época e o tamanho da minha cabeça e nem por isso teve todo esse estardalhaço que tem hoje envolvendo a mídia. Mas enfim, essa é minha opinião e como disse, cada caso é um caso ^_^.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor – http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

  11. Olá!

    Eu gostei muuuito desse tema da editora e dessa forma como ela está usando os parceiros e amigos para divulgação e conscientização do tema.
    Acho que hoje estão noticiando mais e mais assuntos relacionados ao tema, uma pena que as pessoas sejam tão agressivas umas com as outras que não saiba respeitar o ambiente.
    Lembro do caso dessa jovem e é lamentavel o que aconteceu.

    Estou com vontade de ler esse Fale! porque acho que é uma ótima forma de conscientização.

    Beijinhos,
    http://www.entrechocolatesemusicas.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s