Início » Livros » CECILIA MEIRELES – antologia poética

CECILIA MEIRELES – antologia poética

ANTOLantologia-poetica-cecilia-meireles-14640-MLB3011859852_082012-FOGIA POÉTICA

Autora CECILIA MEIRELES

Editora NOVA FRONTEIRA

Páginas 307

Partindo do princípio que é uma antologia montada pela própria autora dos poemas, convenhamos que encontraremos, ali, o supra sumo da nata poética dela. Fica a pergunta, em termos de antologia, se essa é a nata para que os demais poemas? Estariam aquém de suas obras? Mas ela mesma fez a escolha!

Quando se trata de outras pessoas montando antologias de terceiros poetas o erro cometido – se houver – fica por conta do montador ou organizador. Nesse caso Cecilia Meireles escolheu o que sentiu ser o mais representativo e melhor de sua obra.

Eu sou admirador da Cecilia Meireles e tenho preferências, como por exemplo, ‘O ROMANCEIRO DA INCONFIDÊNCIA’ – na íntegra – e poemas que vim a conhecer na antologia e, que fazem parte do ‘POEMAS ESCRITOS NA ÍNDIA’.

Mas, para todos que se interessam por palavras concisas em versos fechados e bem acabados terá imenso prazer na leitura de Cecilia.

Adianto que não é obra para quem pouco lê ou ainda acha que leitura tem que ser fácil. Não… isso é Best Seller – melhor venda – mas não necessariamente Best Literature – melhor literatura.

Quando a pessoa aprende outra língua – idioma –  é comum dizer-se que se deve pensar em Inglês ou Italiano e o mesmo se dá com o Português. Pouca gente pensa em português brasileiro e isso se dá por que não lê autores brasileiros. Grande pecado. E, vou nessa direção. Essas resenhas, esses escritos e opiniões servem também para alertar o público de que os clássicos e a boa literatura estão aí para formatar sua cabeça em bom formato.

Portanto, sugiro que se debruce em Cecilia Meireles, ou Drummond, ou Ignácio de Loyola Brandão (Zero já foi aqui citado) para saber mais sobre nós e si mesmos. Fazer uma imersão na literatura do país é como emergir em outros mundos, muita vez, desconhecidos. Nada sabemos sobre nós. A literatura é a ponte à nossa frente.

Cecilia Meireles faleceu em 64 e deixou vasta obra. Há escolas e praças com seu nome pelo Brasil. Essa antologia dá luzes e ilustrações sobre seus vários modos de escrever e revela que ser erudito, como ela, é legal pra caramba e não apenas um problema a mais. Talvez seja a solução.

“Que estão fazendo, tão tarde? / Que escrevem, conversam, pensam? / Mostram livros proibidos?

Lêem notícias nas Gazetas? / Terão recebido cartas de potências estrangeiras?”

(Antiguidades de Nimes  em Vila Rica suspensas!

Cavalo de La Fayette saltando vastas fronteiras!

Ó vitórias, festas, flores das lutas da Independência!

Liberdade essa palavra, que o sonho humano alimenta: que não há ninguém que explique,

e ninguém que não entenda!)

Ela e Raquel de Queiroz foram as primeiras mulheres a serem reconhecidas como grandes autoras em um universo sabidamente masculino e patriarcal.  É pouco?

Aos 18 anos lançou seu primeiro livro de poemas, ‘ESPECTROS’, já elogiado por críticos.

Organizou a primeira biblioteca infantil do país. Escreveu desde poemas a contos e folclore. Foi professora universitária e palestrante em diversos países.

Dona de poesia intimista, reflexiva, muito de simbolismo perpassa por suas páginas. Ampla musicalidade nunca deixa de lado os temas comuns como vida, amor e tempo.

Marca presença na segunda geração Modernista.

TC PNG

Anúncios

4 pensamentos sobre “CECILIA MEIRELES – antologia poética

  1. Amo poesias, mais nunca fui de encaixar direito nisso! Estou tentando ler um livro de poesia, mais sempre de distraio lendo ficção. Então acho que não sei se gosto, fico meio confusa diante disto.

    • Olá Mirian… sugestão: pegue um poema e em pé no meio da sala recite-o bem alto, com ênfases e caras e bocas, tentando interpretar, a seu modo, o assunto do poema. Claro, escolha o tema que mais lhe interesse. Sugiro Quintana. Sugiro Drummond. Sugiro Hilda Hilst. Essa mulher é de peso.

  2. Foi sem sombra de dúvida uma Dádiva da Literatura Brasileira! Poetisa incomparável; cujos versos prevaleçam até nossos dia com um carisma que desperta nos leitores em geral; o grande reconhecimento a nível nacional e internacional desta poetisa brasileira! Tony Silva e Editora Literatus.

  3. Pingback: CECILIA MEIRELES – antologia poética | coelhodemoraes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s