Início » Livros » Resenhas :: Breakable

Resenhas :: Breakable

Em Breakable temos Lucas nos contando sua história – não apenas de amor mas também de vida – e se nos apaixonamos por ele em Easy agora tá permitido declarar amor verdadeiro.

Título: Breakable (#2 Contornos do Coração)

Autor: Tammara Webber

Editora: Verus

Páginas: 364

Onde costumo comprar (Opções de livro impresso): Buscapé

*Resenha livre de spoilers; Porém se ainda não leu Easy pule a sinopse.

Sinopse: Landon Lucas Maxfield teve uma infância privilegiada, levando uma vida tranquila com os pais e tendo um futuro promissor à sua frente, até que uma tragédia impensável destruiu sua família e o fez duvidar de tudo que um dia pareceu tão certo.
Agora um intenso e enigmático homem, Lucas só quer deixar o passado para trás. Quando ele conheceu Jacqueline, foi fácil desejar ser tudo aquilo de que ela precisava. Mas se há uma coisa que a vida lhe ensinou é que a alma é frágil e que todos os seus sonhos podem ser destruídos em um piscar de olhos.

Lucas é um dos poucos personagens que eu realmente me apaixonei durante a leitura de um livro. Tem muitas qualidades nele que eu admiro em um homem acima de tudo e se eu já via isso enquanto lia Easy ao finalizar Breakable eu tive mais que a certeza de que meu próximo namorado vai ter que ser como ele. Hehe!

Deixando a brincadeira de lado vou exaltar o quanto um livro narrado pelo ponto de vista masculino é maravilhoso. Eu não me lembro exatamente da narração de Jacqueline, mas sei que como todas as outras personagens ela acabou me irritando em vários momentos. Seja por seus problemas com o ex-namorado, família ou até mesmo com Lucas. Esses problemas não são tão presentes quando um homem esta narrando a história, mas não se engane achando que ele não me irritou; Muito pelo contrário. Foi extremamente irritante todas as vezes que Lucas ficava em duvida sobre contar ou não a verdade à Jacqueline sobre quem ele é de verdade (quem leu Easy sabe). Tirando isso foi tudo muito bom.

Todo o mistério que Lucas escondia em Easy foi revelado neste livro com a os capítulos que nos contam sua adolescência, o período em que morou com o avô e o pai, começou a fazer as tatuagens e colocar piercings, além das brigas na escola e seu melhor amigo Boyce (<3).  É difícil os autores revelarem tanto de seus personagens e quanto nos prestigiam com essa honra realmente é muito prazeroso ler. Acho que no fundo realmente gostei mais dessa parte do livro do que as partes onde temos o presente de Lucas.

Infelizmente neste livro não temos o tema “secundário” abordado, que no caso de Easy é o estupro (algo que eu gostei bastante). A autora reservou essa obra simplesmente para Lucas, seu passado, seus valores e sua culpa sobre o que houve com sua mãe apresentando ao leitor a maior parte do livro suas dores. Mas tudo bem, apesar de sentir falta disso acredito que tenha sido melhor pois assim não ficamos com “mais do mesmo” de uma mesma obra. Sobre o livro ser uma sequencia no meu ponto de vista é indiferente. O entendimento da história não ficara comprometido se você ler este primeiro, mas independente da ordem é interessante ler os dois livros pois um completa o outro.

11373806_842698122484460_1716741802_n

Foto: Instagram.com/Silviane91 | Cantar em Verso

Quem me conhece sabe que eu simplesmente amo de paixão a banda Bullet for my Valentine e eu nem preciso falar que me deu um ataque de loucura quando o Lucas mencionou essa banda no livro, né? Então, como eu tenho certeza que pelo menos uns 95% de quem já leu ou vai ler esse livro não conhece a banda eu vou deixar aqui uma música anexada. Lucas cita essa música na época de sua adolescência e baseada na época em que Easy foi lançado e a idade dele imagino que ele curtia esse álbum e olha

Tammara Webber escreve ficção romântica Young adult/ New Adult. É uma romântica que adora histórias com finais felizes porque já existem finais bastante tristes na vida real. Casou-se com seu namorado do colégio e é mãe de três filhos adultos e quatro gatos muito imaturos.

Anúncios

15 pensamentos sobre “Resenhas :: Breakable

  1. Oi Silviane, tudo bem??
    Há… lendo sua resenha lembrei que tenho Easy na estante para ler… gente… tenho uns livros aqui que estão quase 2 anos… preciso fazer algo a respeito kkkkk. Fiquei super interessada pela leitura desse livro mesmo sendo continuação kkkk. Eu gosto muito do nome Lucas… e saber que nesse livro vários mistérios sobre ele será revelado, preciso correr para ler Easy e já embarcar nesse. Xero!

  2. Oi Silviane,

    Eu li resenhas super bacanas do primeiro livro, tanto que foi para a minha lista de desejos e esta sua resenha veio reforçar ainda mais a minha vontade de ler agora, dois livros, aja dinheiro (hahaha).
    Gosto muito de ter uma narração do ponto de vista masculino, aliás sempre fico curiosa para saber a versão da outra pessoa, pois na maioria das tramas temos apenas o ponto de vista de um dos lados. E, já vi que vou me apaixonar também pelo Lucas.

    Beijos
    Tânia Bueno
    http://www.facesdaleitura.com.br

  3. adoro livros narrados pelo ponto de vista masculino *—* é mt “raro” encontrar pq geralmente é uma mocinha que parece indefesa que do meio pro fim descobre ser corajosa e todo o bla bla bla.
    adorei a resenha.
    acho que vou me apaixonar pela leitura.

  4. Essas partes em que o Lucas fica em dúvida sobre contar ou não quem é devem ser realmente irritantes. Fiquei bem brava com ele no primeiro livro, podia ter falado logo e evitado vários mal entendidos… mas não… ficou lá mantendo o mistério. Que bom que achou que um livro completa o outro, porque pretendo ler esse logo.

    Beijo!

    Ju – Entre Palcos e Livros

  5. Olá, tudo bem?

    Apesar de ter Easy como um dos meus livros NA preferidos, eu inicialmente achava desnecessário um novo livro narrando os fatos sob uma nova ótica. Contudo, ao terminar a resenha, vi que a ideia foi bacana, pois ela focou em aspectos não presentes no primeiro livro, como a ausência do tema estupro, o que proporciona ao leitor uma narrativa mais leve e menos repetitiva, afinal, mesmo que seja pela visão dele nós já sabemos o que vai acontecer, não é mesmo. Só não gostei muito dessa capa, prefiro a do primeiro livro.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor – http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

  6. Socorroooooo!!!! Acho que homens como Lucas devessem existir a cada esquina e de preferência se apaixonasse por mim assim como Lucas por Jacqueline. Não cheguei a me irritar com Lucas, mas entendo o que você quis dizer, porém não consigo dizer isso sem sentir que o estou traindo kkkkk, sei que isso parece louco, mas é real rs. bom, assim como você achei Breakable muito melhor que Easy, apesar de gostar muito do primeiro também, gostei principalmente da forma como a autora não contou apenas mais do mesmo e sim muito mais sobre esse personagem tão fascinante que me deixou curiosa desde Easy. Me mate, não lembro do Lucas mencionando o BFMV, mas não é por mal, eu não devo ter prestado atenção porque reparei na banda só depois de te ver surtando sobre eles no TT rs. Agora, apenas pare, como vc me faz ter vontade de reler sendo que eu não estou tendo tempo nem para novas leituras? indo ali no cantinho chorar!

  7. Sil lindona comprei o livro, mas ainda não consegui ler , o Lucas é um fofo mesmo, pelo visto o livro te conquistou, espero gostar também da leitura sobre o personagem. Eu adoro livro nas versões dos protagonistas, ficamos tão próximos de suas emoções. Vou correr para ler. beijos

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

  8. Olá Sil, eu li esse livro no comecinho deste ano e não tem como não amar o Lucas ❤ O legal foi que a autora consegui trazer a mesma historia, mas sem parece igual ao livro anterior ❤ Espero que logo tenhamos o terceiro livro desta serie para saber qual vai ser o novo casal *–*

  9. Oi Sil, sua linda, tudo bem?
    Engraçado você falar isso, mas eu gosto muito quando os livros são narrados pelo personagem masculino. Os conflitos são outros, eles são divertidos e eu sempre me apaixono, risos…Já vi que foi querer colocar Lucas no colo, depois de tantos problemas que parece que ele enfrentou. Não vejo a hroa de ler esse livro. Sua resenha ficou ótima!!!
    Beijinhos.
    Cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

  10. Hey!
    Achei bem interessante essa “coisa” de ter uma mesma história narrada por pontos de vista diferentes e em livros diferentes. Confesso que esses foram os primeiros livros desse estilo que vi (há algum tempo). Acho que gostaria mais desse, por ser narrado por um homem.
    Bullet for my valentine é legal!
    Eu fiquei muito doida quando li Ghostgirl e vi diversas menções ao The Cure ❤ ❤ ❤

    Beijos,
    Duas Leitoras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s