Início » Livros » Resenhas :: Sem Esperança

Resenhas :: Sem Esperança

Oi, pessoal. Tudo bem? Antes de começar a resenha preciso pedir desculpa pelo sumiço que nós demos do blog. A Fran e a Ana estão com pouco tempo disponível e eu acabei dando uma desanimada de leituras no mês de abril e agora estou tentando correr atrás do prejuízo. Vamos tentar manter o blog o mais ativo possível, enquanto procuramos também mais colaboradores. Então, caso você conheça alguém que queira colaborar com o Cantar em Verso peça para que ele(a) entre em contato conosco através do formulário clicando aqui.

Agora sobre esse livro: Eu não sei o que dizer, só sentir. ❤

Título: Sem Esperança

Autor: Colleen Hoover

Editora: Galera Record

Páginas: 320

Onde costumo comprar (Opções de livro impresso): Buscapé

Sinopse: Sem Esperança – Assombrado pela culpa e pelo remorso por não conseguir salvar Hope nem Less, Holder desenvolveu uma personalidade agressiva. Mas, quando finalmente se depara com Hope depois de tantos anos, não poderia imaginar que o sofrimento seria ainda maior após o reencontro. Em Sem esperança, Holder revela como os acontecimentos da infância de Hope, que agora se chama Sky, afetaram sua vida e sua família, fazendo-o buscar a própria redenção na possibilidade de salvá-la. Mas é apenas amando Sky que ele finalmente será capaz de começar a se reconciliar com si mesmo.

*Para ler a resenha de Um Caso Perdido clique aqui. Essa resenha não contém spoilers.

Sem Esperança é o livro #2 de Hopeless (Um Caso Perdido em português), e na verdade ele não é uma continuação e sim a versão da história sendo contada pelo Holder. Eu, particularmente a gosto bastante de ter a curiosidade saciada com a versão de outro personagem, ainda mais quando se trata de um “romance” onde sempre queremos saber o que o ~badboy tá pensando ao fazer todas as suas crueldades (Holder diz que não é malvado e sim cruel e bom, só lendo para entender).

 

Esse livro chegou só para destroçar mais o coração de quem amou Um Caso Perdido. Apesar de Sky ter lá seus problemas ela é o que ela é, independente de qualquer coisa. Sky é uma garota verdadeira no que diz respeito a demonstrar seus sentimentos – seja ele bom ou ruim – e até então eu pensava praticamente o mesmo de Holder, porém a ler  Sem Esperança mudei de ideia. Para Sky ele mostra ser algo, mesmo que não seja completamente falso do que ele realmente é. Mas a questão é que Holder está mais destruído por dentro do ele demonstra para as pessoas. Ele sente a necessidade de se mostrar forte e inabalável, porém aos escrever cartas para a sua falecida irmão podemos ver que na verdade ele só esta aguentando pois não tem coragem de fazer o mesmo que ela. É claro que as coisas começam a melhorar depois que ele conhece Sky/reencontra Hope mas à partir daí seus problemas tomam um rumo diferente.

Não acho que devo ficar me estendendo no quis diz respeito ao relacionamento entre eles pois tudo ficou bem claro no livro #1; E apesar da história estar apenas sendo contada por uma perspectiva diferente o que eu senti é que nesse livro Colleen quis apenas mostrar como Holder estava lidando com toda a sua situação familiar. A impressão que tive é que esse livro é um complemento para Um Caso Perdido e se você não ler este (antes ou depois) vai acabar ficando sem entender alguns pontos, principalmente na linha do tempo da história. Mas isso são apenas detalhes que não alteram em nada no entendimento da história.

Bom, vou falar do ponto alto do livro para mim, a grande surpresa: A carta de Less. Não fiquei chorosa ao ler, porém eu me emocionei bastante e ao mesmo tempo fiquei com raiva. Sabe quando você pensa algo do tipo “se isso não tivesse acontecido as coisas teriam sido diferentes (e até melhor)”? Foi mais ou menos isso que eu senti ao ler.

Adorei o personagem de Daniel, melhor amigo de Holder e só a partir dele entendi o titulo Finding Cinderela. Um conto que foi lançado pela autora. Não sei quando a Record vai lançar, mas por ser bem curtinho vou arriscar ler em inglês.

Quotes

Queria chorar porque precisava tanto de você ali. Foi naquele momento que percebi que estava apaixonada por você. Estava apaixonada pela maneira como você me amava. Quando pôs os braços ao meu redor e me abraçou, soube que, independentemente do que acontecesse com minha vida, meu lar era você. Você roubou a maior parte do meu coração naquela noite.

 

Você fez tudo que podia, mas às vezes nem todo o amor materno e fraterno do mundo é suficiente para tirar alguém do pesadelo em que vive. Precisamos aceitar que as coisas são como são, e nem toda a culpa e o arrependimento do mundo vão mudar isso.

 

Uma vida realmente tenho vontade de viver, e nunca achei que seria capaz de dizer isso. Mas, ao mesmo tempo, eu realmente achava que nunca mais teria esperança na vida, mas agora eu a encontro todos os dias. E às vezes eu vejo a noite também… no Skype.

Colleen Hoover nasceu em Tulsa, Oklahoma. JamieMcGuire vive no Texas com seu marido e seus três filhos. Ela lançou seu romance de estreia, Métrica (Slammed), em janeiro de 2012 e a continuação da série, Pausa, em fevereiro de 2012 e ambos se tornaram best-sellers do NYT. Logo depois ela publicou um romance autônomo, Um Caso Perdido (Hopeless), que se tornou um bestseller #1 do NYT. Como um “Obrigada” para os seus fãs, ela o escreveu também do ponto de vista masculino, “Losing Hope”, assim como Métrica, que se tornou “Essa Garota”. Atualmente ela está trabalhando em um romance independente.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Resenhas :: Sem Esperança

  1. Oi
    Li o primeiro livro Um Caso Perdido e não fiquei muito animada para ler Sem Esperança porque, não sei, cismei que seria a mesma história recontada por Holder. Não comprei o livro pelo mesmo motivo. Mas pelo que entendi a história segue igual, mas com certas mudanças então vou arriscar ler. Eu gostei muito de Um Caso Perdido, mas não quis apostar nesse.

    Bjos

  2. Oi Sil, tudo bem? Gostei bastante da sua resenha, e tenho reparado que as pessoas realmente amaram esse livro, que ele foi muito mais emocionante do que “Um Caso Perdido” que já é bom. Enfim, ainda não li “Um Caso Perdido”, queria fazer quando tivesse “Sem Esperanças” em mãos. Não sou exatamente fã quando o autor faz isso, de recontar a história sobre outro ponto de vista, mas parece que a Colleen fez realmente um ótimo trabalho nesse, tornou a história ainda mais completa.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima

  3. Olá… Silviane, tudo bem??
    Estou louca para fazer essa leitura, mas os livros de parceria não deixam… ainda bem que tenho uns livros aqui que não precisarei ler com tanta pressa… mas… eu preciso saber dessa versão de Holder… ele é um querido pra mim e acredito que esta versão vai conseguir me emocionar assim como Um caso perdido…. adorei saber um pouco mais… xero!!

  4. Bom, a Ju ali em cima me deixou preocupada: é spoiler ou nao? Haha! Mas acho q mesmo assim n leria o livro, tenho um pouco de preguiça dos romances em q há o bad boy q não é bad boy, e coisas do tipo ahaha! Vou conversar com uma amiga minha, q eu sei q adora, e indicar!

  5. Você disse que a resenha não tinha spoilers, mas acho que contou uma coisa bem importante. Que eu sabia porque li o primeiro livro, mas quem não leu não saberia não… fora que a grande surpresa que você citou pra mim foi realmente uma grande surpresa e eu não gostaria que me contassem antes. Mas enfim, acho que você tem uma classificação diferente da minha pra spoilers, sou chata mesmo… enfim, fiquei surpresa de saber sobre todo o sofrimento que o Holder carregava, mas isso só me fez gostar dele ainda mais. Também vou me arriscar a ler o conto em inglês.

    Ju – Entre Palcos e Livros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s