Início » Livros » Resenhas :: Métrica

Resenhas :: Métrica

O que falar dessa autora que eu acabei de conhecer e já estou amando pacas?

Título: Métrica

Autor: Colleen Hoover

Editora: Galera Record

Páginas: 304

Onde costumo comprar (Opções de livro impresso): Buscapé

Sinopse: O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Depois de tanto ver o pessoal elogiando a Colleen eu resolvi que estava mais do que na hora de ler seus livros. Comecei por Um Caso Perdido, que de cara foi para o meu Top 5 de todos os livros que eu amo ❤ e então fui ler Métrica.

Acho que no fundo eu cometi um erro terrível ao iniciar Métrica logo após Um Caso Perdido, pois eu ainda estava envolvida com a estória e acho que isso me influenciou bastante na leitura.

De jeito nenhum estou dizendo que Métrica é um livro ruim, muito pelo contrário. Apesar de não entrar para os meus favoritos da vida ele é com certeza um dos melhores que eu li em toda a minha vida.

Foto: Just-carol.com

Foto: Just-carol.com

Na trama somos apresentadas a Lake e Will. No começo fiquei incomodada como logo aconteceu à conexão entre eles, e eu confesso que demorei até o segundo livro para me convencer de verdade desse amor (inclusive em Pausa esse amor é questionado pela própria personagem, mas enfim… Assunto para outra resenha). É claro que eu não posso em hipótese alguma negar que eles são uns lindos juntos e eu quero pegar eles no colo e ama-los

Lake é uma garota que passou por uma grande perda e por consequências da vida teve que se mudar com sua mãe e seu irmão mais novo. Tão logo que eles chegaram à nova cidade seu irmão fez amizade com um garotinho simpático que mora na casa da frente. Ele é o irmão mais novo de Will e puf, o amor acontece.

Ele a trata com respeito o tempo inteiro? Essa é a primeira pergunta. A segunda é: se, daqui a vinte anos, ele fosse exatamente a mesma pessoa que é hoje, você ainda assim se casaria com ele? E, finalmente, ele faz com que você queira ser uma pessoa melhor? Se conseguir responder “sim” às três em relação a uma pessoa, então encontrou um homem decente.
Will é um rapaz simpático, engraçado, inteligente e romântico. Como se bastasse todas as suas qualidades ele é um amante de poesia e logo nas primeiras páginas somos apresentadas a Poesia Slam, que fica presente durante toda a narrativa e deixa a estória mais interessante.
Os momentos onde as poesias slam estão presentes ou são extremamente lindas/dramáticas ou engraçadas. Eu acho que a autora poderia ter usado mais slam durante o livro, pois realmente é um diferencial.

Em um livro como Métrica é difícil ficar se prendendo apenas nos personagens principais, pois eu acredito que ele vai além do amor entre uma garota e um garoto. Ele nos mostra (e muito) o amor entre família, assim como a sua importância e o seu valor. Não vou ficar falando o motivo disso no livro, pois só lendo para entender; E isso realmente me tocou de uma forma como nenhum outro livro já tenha tocado.

– Não é uma boa ideia.
(Will)
O que eu mais gostei de Métrica foi que o romance e os dramas que envolvem a estória, apesar de clichê, ele não é nenhum pouco chato. Apesar de Will ser o primeiro amor verdadeiro de Lake ela não faz um drama exagerado em cima disso, apesar de ela ainda ser nova é responsável e tem os pés no chão.  Um exemplo de que para ser protagonista não precisa ser chata/em graça; Assim como o Will é um exemplo de que para ser o amor da vida da protagonista ele não precisa ter pinta de badboy, ser maromba, esquentadinho e tatuado (ainda não me conformo com essa ideia de que tatuagem é sinal de “badboy”. Beijos para os meus ídolos).

Eu não anotei muitos trechos do livro pois quando leio no tablet não tenho muita paciência para ficar marcando. E eu me apaixonei pelas poesias dos personagens, mas coloca-las aqui além de pegar muito espaço também será um spoiler, então ai apenas mais uma frase que eu adorei e refleti (e ainda estou refletindo).

(…) será que as cinco fases do luto só se aplicam à morte de um ente querido? Será que elas também não se aplicam à morte de algum aspecto de sua vida? Nesse caso, estou bem no meio da fase dois: a raiva.
Bom, quero dizer que esse livro é lindo, pegou meu coração e eu acho que todos devem ler. Aproveite e leiam Um Caso Perdido – que já foi resenhado por aqui.

É claro que eu não poderia deixar de fora a trilha sonora não oficial do livro, da banda The Avett Brothers – ambos os personagens são super fãs da banda e no inicio de cada capitulo temos um trecho de uma música. Fofo, né?

Colleen Hoover  nasceu em Tulsa, Oklahoma. JamieMcGuire vive no Texas com seu marido e seus três filhos. Ela lançou seu romance de estreia, Métrica (Slammed), em janeiro de 2012 e a continuação da série, Pausa, em fevereiro de 2012 e ambos se tornaram best-sellers do NYT. Logo depois ela publicou um romance autônomo, Um Caso Perdido (Hopeless), que se tornou um bestseller #1 do NYT. Como um “Obrigada” para os seus fãs, ela o escreveu também do ponto de vista masculino, “Losing Hope”, assim como Métrica, que se tornou “Essa Garota”. Atualmente ela está trabalhando em um romance independente.

 

Anúncios

25 pensamentos sobre “Resenhas :: Métrica

  1. Oi Silviane,

    Ainda não li nada da Collen e confesso que desdea primeira resenha de Métrica que li fiquei apaixonada, basicamente seduzida a ler esta obra. É como sou uma verdadeira apaixonada por romance, lendo sua resenha tenho ainda mais certeza que a história arrebatará o meu coração. Então, já estou passando Métrica para o primeiro lugar na lista de compras.

    Beijos
    Tânia Bueno
    http://www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

  2. Ahhh, Collen Hoover é muito amor ♡♡♡ É meio que impossível não se ver encantada pelos livros dela.
    Eu amei Métrica, foi o primeiro contato que tive com a escrita da autora, e fiquei mega apaixonada e envolvida. Achei lindo como ela conduziu tudo, a forma como ela escreve nos toca, sem contar que ela cria personagens apaixonantes. Amo tanto esse livro, e acredita que até hoje não consegui resenha- lo? Nada do que escrevo sobre ele acho que seja digno, e que seja capaz de transmitir tudo o que senti durante a leitura. Enfim, adorei sua resenha.

    Beijos!!!!

  3. Collen é diva!
    Amei essa leitura. Ao contrario de você, nao me liguei muito nas poesias, sou péssima nisso hahah
    Mas essa parte das 5 fases do luto tambem me pegou. Como no livro, acho que elas se aplicam a qualquer perda que temos na vida. Ainda sim, é uma boa questão a se discutir.
    Esse livro é ótimo justamente por conseguir fugir dos esteriótipos que estamos nos acostumando a encontrar nos livros. é realmente bom ler algo diferente.
    E que venha Pausa.. que ainda não consegui ler =/

    Beijiinhos ;*
    Andressa – Blog Mais que Livros

  4. Ahhhh, que legal *-* Acho que é a primeira resenha de Métrica que eu leio e eu realmente adorei. Gostei de você ter dito que Lake não era uma menina sem graça e avoada como estão fazendo a maioria das protagonistas e.e E que ele é um cara normal e não um badboy. Acho que isso de badboy encontra menina sem graça já está tãooo batido –‘ Eu já li uma resenha de Um Caso Perdido li muitas coisas boas a respeito 😀 Eu quero um livro que me deixe pensativa e que eu ame em cada página. Adorei a resenha. Bjs

    http://horadaleitur.blogspot.com.br/

  5. Oi, Moça
    TODO MUNDO ELOGIANDO A COLLEN E EU NÃO LI NADA DELA AINDA! SOCORRO!!!!
    hahahaha, acho que preciso ler Métrica logo porque eu tenho meu exemplar aqui. Romance não é muito minha praia, mas eu estou super curioso para saber desse envolvimento de Lake e Will e como eles viverão essa aproximação e o romance. Tem toda uma parte por trás das poesias né? E você me animou ao dizer que há clichê, porém não é um clichê chato! Oh glória \ô/
    Sua resenha me animou bastante! Tentarei ler logo 🙂

    Abraços
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

  6. Oi Silviane, tudo bem? Nossa, isso me faz lembrar que eu preciso terminar de ler “Métrica”, sim, a louca aqui começou, mas não terminou e não sei porque, pois estava gostando bastante da leitura. Bom, também achei que o amor dos dois aconteceu muito rápido, mas acho que a forma que a autora abordou isso, não fez se tornar algo impossível de acreditar. A Lake e o Will são daquele tipo de casal que tem química e te faz acreditar neles. A parte do Slam é muito gostosa de se ler, e as poesias são ótimas.

    Adorei a resenha!!

    Beijinhos,

    Rafaella

  7. Olá

    Pois é, eu acho que vou acabar lendo algum livro da autora, mesmo não fazendo muito meu estilo, porque todo mundo elogia. Então o negócio deve ser realmente bom, até porque até hoje não vi ninguém que dissesse que não havia curtido o livro, só tenho medo de eu acabar lendo um livro dela e não gostar mais por não ser o meu estilo do que qualquer outra coisa. Enfim, ainda não estou muito confiante com essa série, mas Um Caso Perdido já entrou na lista dos livros pra sair da zona de conforto.

    Abraço!
    http://www.umomt.com

    • Matheus, acho que ainda é possível gostar da forma como a autora escreve mesmo que a história não te agrade. Acho que, apesar de sempre colocar um romance/amor os temas que ela abordam acabam mexendo conosco. Métrica é a morte. Um Caso Perdido eu não vou falar pois seria um baaaaita de spoiler; E é algo que (eu) considero pior do que a morte.
      Geralmente eu fico desconfiada quando vejo todos elogiando um autor (vide John Green) e acabo fugindo da leitura, mas acho que minha sorte foi ver apenas alguns elogiando e ter me apaixonado de cara pela capa de Um Caso Perdido. Acabei me apaixonado pela autora e espero que ela continue trazendo obras que não seja apenas recheada de amor mas sim com reflexões.

      Bjs

  8. Pena que esse não chegou a entrar para os seus favoritos da vida, como Um caso perdido, mas o importante é que você amou também e que ele atingiu seu coração de verdade! =)

    Só li Um caso perdido até agora, mas pretendo ler essa trilogia assim que possível, nunca vi alguém que não se apaixonasse de cara pela escrita da autora! Que bom que apesar dos clichês, nada é chato.

    Beijo!

    Ju – Entre Palcos e Livros

  9. Oi Sil, tudo bem
    Depois das resenhas que favoritaram esse livro, eu corri para comprá-lo. Já tenho todos os livros da autora e não vejo a hora de lê-los como você fez. O trecho que você escolheu é muito intenso. Sabe, fiquei pensando também: quando perdemos alguém que amamos, perdemos um pedaço importante de nós mesmos. Eu acredito que nada nunca será igual. Que a dor não passa, que o amor não diminui. Você apenas segue em frente. Então, ela realmente deve estar com muita raiva. Tomara que o amor dela por ele ajude a preencher o vazio que essa morte causou. Acho que vou chorar com esse livro.
    Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    • Cila! Se você for uma pessoa que se emociona fácil com certeza irá derrubar algumas lágrimas (infelizmente eu não sou assim).
      O tema morte é abordado a maior parte do livro e sempre me fazia pensar e pensar, sobre perder pessoas. Todas as pessoas que eu já perdi ao longo dos anos, seja por mudança, brigas ou simplesmente porque existe a necessidade de cada um seguir seu caminho. Você tem toda a razão: o amor não diminui. 🙂 Ainda bem que somos capazes de amar de diversas formas diferentes.

      Bjs

  10. Ola lindona a Collen se tornou uma de minhas autoras favoritas amo métrica, um caso perdido e outros dela todos recheados de emoções, Métrica me peguei em alguns momentos com lágrimas nos olhos . Adoro o casal de protagonista que amadurecem cedo devido as circunstâncias da vida. Adorei a resenha. beijos lindona

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

  11. Oi, Silviane! Li Métrica antes de Um Caso Perdido, e mesmo depois de ter lido os 2, continuo preferindo Métrica. Will e Lake formam um casal lindo, que combina maturidade com jovialidade, responsabilidade com impulsividade. Falta eu ler Essa Garota, mas amei os 2 primeiros livros. Colleen é diva, e eu leio qualquer coisa que ela escrever fácil fácil!
    Beijinhos!
    Giulia – http://www.prazermechamolivro.com

  12. Oi, Flor! Tudo bom?
    Li Um Caso Perdido também e fazia um tempinho já que um livro não me emocionava daquela maneira, que reviravolta a história da, não é? Fiquei perdida, em certos momentos fechei o livro, respirei e retornei, quase não dormi porque passava a madrugada lendo, mesmo meus olhos pedindo arrego! Mesmo você achando que cometeu um erro, vou te dizer que acho ao contrário, pois Métrica tem de fato uma história maravilhosa. Fiquei chocada com o que cada um passou e o que ocorreu durante a leitura.
    Queria achar o e-mail da Colleen e perguntar o que ela pretendia fazer com meu coração, ao levar a história para aquele rumo. No fim, fico feliz por Will não ter desistido, mesmo a Lake resistindo, gosto de joguinhos assim sabe? O próximo volume também não decepciona, na verdade acho que faz a gente chorar mais ainda. Fico feliz por ver que você gostou também. Acompanho a FanPage da autora e ela posta direto capas de livros que ela publicou e cadê os traduzidos por aqui?! Vou esperar sua resenha do livro Pausa, sei que esse vai mexer com você ❤
    Beijinhos

    • Oi, Fernanda.
      Ambos os livros são um poço de emoções. Li apenas e ebook e já estou “eu preciso ter esses livros na minha estante”. A Colleen tem uma coisa que meche com nosso psicológico.
      Acho incrível o fato de que seus livros não são apenas um new/young adult bobo e cheio de clichês. Eles estão nível acima disso; Realmente nos passa mensagens.

      Também adoro ver os posts dos livros da Colleen. Ela sempre faz promoção (eu nunca entendi muito bem como funciona) e ela entrega até no Brasil ❤
      Sei que o livro Ugly Love será lançado ano que vem, e a sequencia de Hopeless também. Tô mega ansiosa.

      PS: A Colleen responde tweet. Tenta mandar algo.

      bjs

  13. Oie!
    O primeiro (e único) livro que li da Colleen foi ‘Um caso perdido’, e assim como você, eu simplesmente AMEI! Sou doida para ler ‘Métrica’, já até tenho meu exemplar, mas cadê tempo? Meu medo também é não gostar TANTO por esperar uma coisa e encontrar outra. Você citou que o amor acontece bem ‘rápido’, eu gosto quando é assim, mas espero que não tenha ficado nada muito forçado. ‘Métrica’ é um livro famoso por conta das poesias de Slam, e por isso prevejo que irei derramar muitas lágrimas. Como disse, gosto de histórias de amor, então espero não me decepcionar com a obra (mas agora já sei que a trama é bem diferente de Um caso perdido).

    Beijos 😉

    • Oi, Cássia.
      Eu acho que você não irá se decepcionar com Métrica. Mesmo depois de ler Um Caso Perdido eu não me decepcionei, pelo contrário. Eu nunca prestei atenção na sinopse de Métrica, então não posso afirmar que ele cumpre o que promete na sinopse, mas eu acho que posso afirmar que durante vários momentos eu tive surpresas com os personagens e isso sempre deixa a leitura mais legal.
      Já que você é uma romântica assumida eu tenho certeza que irá se emocionar muito com Métrica e se apaixonar por eles. ❤

      bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s