Início » Livros » Resenhas :: Esc@ndalo

Resenhas :: Esc@ndalo

Acho que uma das coisas mais tristes para um leitor é ler o livro inteeeeeeeeiro e odiá-lo. Não apenas pelo final, mas como um todo. Infelizmente passei por isso com Esc@ndalo.

Título: Esc@ndalo

Autor: Therese Fowler

Editora: Novo Conceito

Páginas: 384

Onde costumo comprar (Opções de livro impresso): Submarino/Saraiva/Cultura

Sinopse: Amelia Wilkes tem um pai rigoroso que não permite que ela namore, mas isso não a impede de viver um romance secreto com o cativante Anthony Winter. Desesperadamente apaixonados, os dois sonham uma vida juntos e planejam contar tudo sobre seu amor aos pais de Amelia… Mas só depois que ela completar dezoito anos — e for legalmente reconhecida como adulta. No entanto, a paixão do casal é exposta mais cedo do que o previsto… Eles são jovens, andam grudados aos seus celulares e postam todo tipo de informação — inclusive aquelas informações mais particulares, que só deveriam dizer respeito a eles mesmos — até que o pai de Amelia encontra fotos de Anthony, nu, no computador de sua filha. Poucas horas depois, Anthony é preso. Apesar dos protestos de Amelia, seu pai usa de todo o poder e influência entre os policiais, e entre os meios de comunicação, para transformar Anthony em um pervertido que caçava sua inocente filha. De mãos atadas, cabe aos dois apaixonados arriscar uma última saída, ousada e perigosa, e apagar a acusação de sexting que Anthony recebeu.

 

Na história temos Amelia e Anthony, um belo casal vivenciando uma paixão adolescente, onde os amantes acreditam que podem, com seu amor, vencer tudo e todos. Eles se conheceram na escola durante um teste para uma peça de teatro. Ela é rica, vive pressionada pelo pai – que acredita cegamente que tem uma filha santa. Ele é pobre, filho da professora, sem pai e bolsista na escola. O típico amor proibido.

Eles têm que viver esse amor com todo o cuidado do mundo para a família de Amelia não descobrir – já que todos na escola sabem, até a mãe de Anthony – mas, como muitos adolescentes da era moderna se deixam cair na tentação de enviar fotos íntimas ao seu companheiro (a), o desastre está feito. O pai de Amelia descobre e logo resolve denunciar o garoto para a polícia e quando pensamos “bem, a coisa toda pode ficar legal, ter uma ação e até mesmo os personagens podem amadurecer diante dos acontecimentos”, mas não (e eu praticamente grito MAS NÃO). Eles continuam agindo como adolescentes inconsequentes sem causa aparente.

lerdormircomer.com.br

lerdormircomer.com.br

Amelia reveza o seu tempo entre pensar em Anthony e odiar/culpar/massacrar seu pai. Anthony não tem problemas com mãe e isso o deixa menos irritante. Ele pensa e se preocupa com Amelia e seu drama não é tão insuportável quanto os da garota. De fato ele se preocupa com sua condição, afinal ele é quem mais se “dá mal” na história toda, e pensa em possíveis soluções para resolver seus problemas sem que seu futuro seja prejudicado – afinal ele tem um futuro brilhante pela frente. É claro que, até certo ponto, o leitor consegue entender o comportamento dela. Se meu pai estivesse mandando o homem que eu amo para a cadeia eu também o odiaria, mas eu juro: O drama é totalmente exagerado. Pode comparar atitudes de Amelia até mesmo com atitudes de uma criança quando escuta um “não” pela primeira vez.

Que vantagem havia em ter todos aqueles privilégios com que crescera quando não lhe permitiam ser autentica em casa? Que bom seria viver cada dia com sinceridade.

Sem querer desmerecer a história, pois eu gosto de romances e um pouco de drama, porém, os personagens de Esc@ndalo são extremamente chatos e repetitivos e isso acabou me deixando com raiva durante a leitura.

Aí você me pergunta: Então porque leu até o final? Simples: Eu não gosto de abandonar um livro; Se vou fazê-lo eu preciso de um motivo extremamente razoável para isso. Apesar de enrolar para ler eu precisava terminá-lo e o que mais me motivou para isso foi à chegada de um livro que eu estava muito, mas muito a fim de ler. Outra coisa que me fez ler até o final foi saber que a autora criou a história baseada em um acontecimento com seu próprio filho; O que me deixou com mais raiva, pois esperei que o final seria sensato e coerente, mas eu estava completamente enganada.

Ansiedade. Agitação. Mudanças de humor. Insônia. Depressão. Pesadelos. Tudo isso era explicável por seu confronto com a lei, era verdade, mas também eram explicações para os sintomas de abstinência – fizera uma apresentação sobre a dependência e abstinência na aula de química. Ele era viciado em Amelia, do mesmo jeito que era viciado em ar.

 

Aos 15 anos, ela acreditava no amor, mas sabia que não deveria procurar por ele. Em vez disso, cantava sobre ele, lia sobre ele, vivia-o indiretamente por intermédio de filmes e esperava ser considerada velha o bastante para representa-lo no palco.

 

Therese Fowler  é bacharel em Sociologia e mestre em Escrita Criativa. Seu trabalho recebeu menção honrosa da TF Sociedade Faulknrer e foi premiada com o Thomas Wolfe Fiction. Foi assistente editorial e ensinou Escrita de Ficção na faculdade, antes de sair da academia para escrever em tempo integral. Nascida em Illinois tem dois filhos e dois enteados, vive na Carolina do Norte com o marido.
Em 2009 seu filho, então com 19 anos, foi preso sob a acusação de sexting. Com a intenção de deixar claro aos jovens e aos seus pais, do que se trata essa pratica, Fowler escreveu o romance Esc@ndalo.
Anúncios

15 pensamentos sobre “Resenhas :: Esc@ndalo

  1. Pingback: TAG :: Retrospectiva 2014 + Desafio | Cantar em Verso

  2. Sil como já te disse no twitter li esse livro e gostei, não posso dizer que é favorito, mas pelo que li na minha resenha ele não é péssimo (sim, tive que reler minha própria resenha kkkkk). Não me lembro muito de tudo pq faz tempo que li, mas provavelmente devo ter me irritado um pouco pelo o que escrevi sobre tudo ser muito dramatizado uhahuahuahua. meu deus, me lembre de passar mais vezes aqui, suas resenhas são ótimas ♥

    • O pior de tudo é que eu fiquei meses e meses namorando esse livro, acho a capa maravilhosa e o plot já me despertou curiosidade até mesmo em uma época que eu não lia nada. Infelizmente foi uma tortura ler a forma como Amelia se portou durante toda a situação.
      Acho que o Anthony eu ate gostei mais, mas ainda sim acho que esse é o pior casal pra mim.

      Mas até que pensando agora: Ambos faziam teatro. Acho que é por isso que o drama é três vezes maior. IUHAEOUHAEUIHEAUI

      Obrigada! Se não voltar eu vou reclamar.

  3. Oi Flor!
    Eu ainda não li esse livro, confesso que já tentei começar mas nuca prosseguia com a leitura. Agora é que não vou ler mesmo, ultimamente minha paciência tem sido zero para personagens chatos, repetitivos, enfim, Esc@ndalo não está mais na lista de desejados e de futuras leituras rsrs.

    Parabéns pela sua sinceridade.
    Beijos!

  4. Oi Silviane,
    É complicado. nem sempre um livro consegue cativar o leitor como se pretendia. comigo isso também já aconteceu (não com esse livro), e como vc sempre tento terminar, pq não gosto de deixar nada pela metade, mesmo que demore um século. sua resenha foi muito boa e sincera.
    bjs

    http://www.navioerrante.blogspot.com.br

  5. Oi, flor!
    Que pena que não gostou do livro. Ultimamente, sinto que os livros que apresentam romances entre adolescentes têm pecado no amadurecimento dos personagens. Eu também tenho dificuldade de aceitar o drama exagerado deles ou seu comportamento infantil, sabe? Fico esperando que eles cresçam e enfrentem as dificuldades tão seriamente quanto o que sentem um pelo outro. Mas parece que Amelia, neste livro, está longe disso… Já não queria ler este livro, porque a sinopse não me interessou, então só posso dizer que minha certeza aumentou depois da sua resenha.

    Beijos!!!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

  6. Engraçado é que a grande maioria de resenhas que li desse livro dizem que os personagens não funcionam, mesmo que a premissa da história seja legal, e isso é um completo saco, heim!
    Não me apego numa história se os personagens forem chatos. Desisto na hora!
    Ainda bem que tenho anjos – como você – para avisar quando tomar cuidado com um livro. ahauhauhaha

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

  7. Olá

    Não conhecia o livro, e bem, depois dessa resenha nada animadora prefiro passar bem longe. Uma coisa interessante é que sempre que temos uma opinião negativa rende bem mais argumentos. Apesar da crítica, gostei da resenha.
    Abraços

    estantejovem.blogspot.com.br

  8. Oi, Silvane, uma droga quando nos decepcionamos com uma leitura, né? Também odeio abandonar um livro, até porque sempre acredito que possa haver uma reviravolta no final, algo que o faça valer a pena, mas quando nada disso acontece, só ficamos frustradas mesmo, pensando em quanto tempo perdemos enquanto poderíamos estar lendo algo mais interessante. Rsrsrs
    Gostei muito da sua resenha (mesmo que negativa) e da sinceridade!
    Bjão

  9. Oi Sil, tudo bem?
    Não acredito!!!!! Esse livro foi tão elogiado na época do lançamento, já li resenhas que elogiaram muito o livro. Uma pena que você não tenha se sentido da mesma forma. Eu mesma sempre quis ler o livro e confesso que por ser baseado em vida real chamou minha atenção e também me deixou preocupada. Eu sempre fico pensando: como é fácil destruir a reputação e a vida de uma pessoa.
    Pensei que seria um livro mais nesse sentido, com um enredo forte.
    Mas gostei da sua sinceridade e resenha argumentada.
    beijinhos.
    cila
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

  10. Nossa ando lendo e fazendo muitas resenhas como estas nos ´últimos tempos.
    Resenha muito negativas, mas fazer o que rs.
    Não conhecia o livo e mesmo assim não vou lê-lo, pois sua resenha me deixou sem vontade, mas quem sabe eu mude de ideia um dia.

    E abandonar livros é sempre muito ruim e sempre me obrigo a terminar de ler.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s