Início » Livros » Resenhas :: Easy

Resenhas :: Easy

Para muitos Easy é um livro de romance, onde tudo da errado até, enfim, o casal ter o seu final feliz; Mas para mim Easy é um livro que fala sobre valores e preconceitos.

Título: Easy

Autor: Tammara Webber

Editora: Verus

Páginas: 308

Onde costumo comprar (Opções de livro impresso): Submarino/Saraiva/Americanas

Sinopse: Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis, ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor.

Não é novidade para ninguém que nós vivemos em uma “cultura do estupro”; e eu não me refiro apenas no país onde nós vivemos. Infelizmente o mundo esta lotado com essa violência; assim como temos todas as informações que precisamos sobre o assunto na internet e ainda existem mulheres que se sentem culpadas por sofrer com essa violência. Com Jacqueline não é diferente.

Ela saiu de sua cidade, até mesmo desistiu de seus sonhos – que até certo ponto da trama mal sabia que os tinha – para seguir seu namorado aspirante a politico na faculdade que ele escolheu. Como nada dura para sempre no segundo ano ela levou um fora e viu então sua vida desmoronando. Não apenas por ter pedido o seu namorado, o único homem que ela teve, mas por acabar se tornando vitima de um agressor sexual após sair de uma festa. E o pior de tudo: Ele é amigo do seu ex-namorado.

Ao contrário do que acontece na realidade, Jacqueline foi salva por um rapaz que, até então, ela nunca tinha visto. Um rapaz bonito – que sabe lutar – e cheio de mistérios: Lucas.

Easy

Apesar da insistência de seu salvador Jacqueline não denuncia seu agressor para a policia e diz apenas que quer esquecer o que aconteceu, se sentindo culpada pelo que houve. E eu posso até estar errada em dizer, mas é nisso que a relação entre Lucas e Jacqueline se baseia: Culpa.

Não apenas da Jacqueline, mas Lucas tem muitos fantasmas do passado que o faz se sentir cheio de culpa pelo que aconteceu com a sua família. O passado de Lucas é muito importante para entendermos alguns aspectos dos valores dele mas existiu um momento onde alguns pontos nos i’s estavam sendo colocados que eu achei (um pouco) contraditório.

Contudo é muito fácil para o leitor amar Lucas já no primeiro instante. É muito fácil imagina-lo sendo o tipo perfeito, cabelo arrumado, engomadinho e fica até difícil acreditar que na realidade ele é cheio de tattoos e piercing nos lábios (não faz o tipo de muitas garotas, mas eu adoro). É difícil acreditar que Lucas é o tipo “perfeitinho” quando a nossa sociedade diz ao contrário de pessoas fisicamente parecidas com ele.

“Três anos se passaram desde que eu tinha deixado de ser Jacqueline, e eu lutava diariamente para recuperar a parte original de mim mesma que eu deixei de lado por ele. Não era a única coisa da qual eu tinha desistido, ou a mais importante. Era apenas a única que eu poderia recuperar.”

Um ponto super positivo do livro foi o modo como o relacionamento do casal se desenvolveu – apesar de todos os dramas que eles colocam em cima do amor na literatura. É engraçado o modo como Lucas se aproxima dela em locais públicos e em como ela tenta ignora-lo e também desejando conhece-lo melhor e até mesmo brincar de algo que pode ser chamado de jogo de conquista.

A história contem muitos pontos positivos quando se trata da violência sexual contra as mulheres; mesmo ficando de plano de fundo diante do romance entre Lucas & Jacqueline. O modo como, a autora tenta alertar suas leitoras de que é importante denunciar seu agressor, não se importar com as pessoas que vai tentar te convencer o contrário e que desistir da ideia pode acabar apenas piorando a situação; já que ele vai se sentir livre para fazer novamente seja com você ou com outra pessoa.
Além da busca por si, na idade adulta, na compreensão de que atos e escolhas sempre tem resultado sendo ele negativo ou positivo e é necessário lidar com eles.

“As pessoas sentem a necessidade de escolher um dos lados quando um relacionamento acaba.”

A sequência de Easy, Breakable, será lançada do Brasil no final deste ano. Tammara Webber virá ao país para a divulgação. Para mais informações acesse:

São Paulo 06/11
Rio de Janeiro 07/11
Belo Horizonte 09/11

“Amor não é a ausência de lógica

mas a lógica examinada e recalculada

aquecida e curvada para caber

dentro dos contornos do coração.”

Tammara Webber escreve ficção romântica Young adult/ New Adult. É uma romântica que adora histórias com finais felizes porque já existem finais bastante tristes na vida real. Casou-se com seu namorado do colégio e é mãe de três filhos adultos e quatro gatos muito imaturos.
Anúncios

19 pensamentos sobre “Resenhas :: Easy

  1. Pingback: TAG: Esse ou esse? | Cantar em Verso

  2. Pingback: Resenhas :: Breakable | Cantar em Verso

  3. Olá Sil,
    eu li a este livro antes dele ser lançado no Brasil. E assim como você gostei bastante do tema abordado e de como a autora nos mostra o que deve ser feito no caso como o estrupo.
    Agora falando sobre o romance, eu cheguei a me irritar um pouco com a Jacque, eita menina enrolada e chata. Mas assim que vai passando as paginas ela vai amadurecendo, e acabei que tendo outro sentimento por ela.
    E pelo Lucas, e assim como você falou,de cara nos apaixonamos por ele. Ele é perfeito em todos os sentidos. In Love Lucas. rs
    Eu não vejo a hora de ler o segundo livro, que a historia é a mesma, mas ao ponto de vista de Lucas, não vejo a hora de ter mais um pouquinho dele.
    Adorei a resenha e os quotes.

    Beijokas Ana Zuky

  4. Oie,

    Eu já li o livro em e-book, tenho o livro físico, e estou tentando arranjar um tempo para ler ele de novo, eu sou louca por esse livro, amo o Lucas e como você disse, ele não tem um visual que seja perfeitinho, mas pra mim é o meu “perfeitinho” amei sua resenha, me fez ter saudades do livro.

    Mayla

  5. Achei bem legal o livro ultrapassar o romance e falar sobre valores e preconceitos, e abordar inclusive temas como a violência sexual, mostrando o quanto denunciar é importante. Tenho esse livro faz, tempo, mas nem me lembrava dele. Agora, sabendo que a autora vem no fim do ano, com certeza preciso arrumar tempo pra ler!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

  6. Eu estou querendo ler esse livro desde o lançamento! Mas fazia um certo tempo que não via uma resenha sobre ele, então acabei deixando de lado..
    Você com certeza acabou de reacender minha vontade em lê-lo. Não lembrava que ele aborda o tema de violência contra a mulher. Isso realmente é algo polêmico e interessante de ser abordado!
    Adorei a resenha ;D

    Beijiinhos ;*
    Andressa – Blog Mais que Livros

  7. Oiee tudo bem?

    Minha meta é ler esse livro antes da autora vir aqui para o Rio. Estou com ele tem um tempinho na estante. No inicio eu era chata com New/Young Adults, mas agora já me acostumei com o gênero. Gosto de livros que tem algum tema polemico. Com certeza violência sexual é algo bem importate para ser tratado. Mas náo concordo com essa ideia de não denunciar.

    beijos
    Kel
    http://www.porumaboaleitura.com.br

  8. Olá

    Olha, eu não sou muito fã de romances românticos, também não gosto de livros hot, mas sempre quando leio resenhas de livros do tipo vou com a cabeça aberta porque por algum milagre pode acontecer de a história me interessar e etc. Infelizmente, não foi o caso com essa, também não gostei muito da capa e aparentemente achei a história muito clichezenta. Não quero ler não.

    Abraço!
    http://www.umomt.com

  9. Oi Silviane, tudo bem? Nossa, tenho muita vontade de ler esse livro, um livro que mistura romance, culpa, preconceito, superação. Nossa, é realmente muito triste ver que temos cada vez mais caso de abuso sexual, e as mulheres que sofrem não denunciam, por vergonha, culpa, é realmente muito triste.

    Adorei a sua resenha e preciso muito ler o livro, ainda mais pelo segundo que será lançado.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima
    http://vamosfalarlivros.blogspot.com.br/

  10. Parabéns pela resenha.
    Me pareceu um ótimo romance que com um tema muito polemico e triste, o estupro ainda é algo frequente em nossa sociedade… Mas apesar de tudo, e de ouvir N’s elogios, o livro não faz o meu estilo.

    Att,
    Pedro Silva

  11. Oi Tammara adorei a temática, acho super importante, principalmente em um país como o nosso, onde a maioria das mulheres de sofrem agressões se calam e não denunciam os agressores. Talvez através de um lindo romance as mulheres se sintam motivadas a denunciar e ajudar a melhorar esse mundo machista.

    Beijos
    Blog: Porão da Liesel
    Página no Facebook

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s